Astrologia

Página 2 de 22 - Cerca de 213 ensaios
  • Os quatro irmãos habilidosos

    Os Quatro Irmãos Habilidosos O conto narra à história de um homem e seus quatro filhos, que ao crescerem, tem que sair de casa para cada um aprender um ofício, onde se despedem do pai, apanham seus cajados e vão embora.. No caminho se deparam com quatro caminhos diferentes, onde cada um segue sozinho e aprende uma profissão, com a promessa de voltar depois de quatro anos, no mesmo dia e lugar; Ao voltarem à casa do pai, são submetidos a um desafio, onde cada um exerce sua habilidade, onde o pai

    Palavras: 863 - Páginas: 4
  • Tetragrammaton: Símbolo e Amuleto

    No ângulo superior do Pentagrama, encontramos "Os olhos do Pai" e a representação do planeta Júpiter. Uma alusão aos olhos do Criador, o espírito, o poder que coordena tudo e todos. Marte Nos "braços" do Tetragrammaton encontra-se o símbolo astrológico e zodiacal do planeta Marte,

    Palavras: 869 - Páginas: 4
  • Resumo Bhaskara Akaria

    Bhaskara Akaria (em canarês: ಭಾಸ್ಕರಾಚಾರ್ಯ; 1114-1185[1], Vijayapura, Índia), também conhecido como Bhaskara II, foi um matemático, professor, astrólogo e astrônomo , o mais importante matemático do século XII e último matemático medieval importante da Índia. Viveu na região de Sahyadri.[2] Filho de um astrólogo famoso chamado Mahesvara[3], tornou-se conhecido pela complementação da obra do conterrâneo Brahmagupta, por exemplo dando pioneiramente a solução geral da conhecida equação de Pell e a

    Palavras: 1178 - Páginas: 5
  • Leis fonéticas

    LEIS FONÉTICAS Leis fonéticas são mudanças regulares que se observam na evolução de línguas, motivadas pela configuração fonética das palavras. • LEIS FONÉTICAS ( estão condicionadas ao tempo e ao espaço; • LEIS NATURAIS ( são eternas e universais; Assim como as palavras, os fonemas se modificam sempre que se acham em idêntico meio e circunstância. MAS... Para os antigos gramáticos, as leis fonéticas eram tendências mais ou menos pronunciadas, ou então,

    Palavras: 810 - Páginas: 4
  • Alquimia

    Alquimia é uma prática antiga que combina elementos da Química, Antropologia, Astrologia, Magia, Filosofia, Metalurgia, Matemática, Misticismo e Religião. Existem quatro objetivos principais na sua prática. Um deles seria a transmutação dos metais inferiores ao ouro, o outro a obtenção do Elixir da Longa Vida, um remédio que curaria todas as coisas e daria vida longa àqueles que o ingerissem. Ambos os objetivos poderiam ser notas ao obter a pedra filosofal, uma substância mística. O terceiro objetivo

    Palavras: 1662 - Páginas: 7
  • ptolomeu

    INTRODUÇÃO Claudio Ptolomeu (150 d.C.) foi um dos grandes estudiosos que teve uma grande participação em diversas áreas, ele ajudou outros estudiosos a concretizar projetos e estudos com sua descobertas. Dentre áreas de estudos estão a matemática, astrologia, geografia, cartografia,óptica, musica, entre outras, umas das suas obras que merece destaque foi a sua criação de um sistema que integra a trigonometria com a astronomia, especificamente acerca do sistema sideral “solar” onde a terra era considerado

    Palavras: 4145 - Páginas: 17
  • Visão renascentista da natureza

    A R.G. Collingwood Ciência e Filosofia Segunda Parte Tempo anterior ao renascimento Pensamento Medieval Na Europa, a distinção de visões de mundo e da natureza segundo diferentes sociedades não é clara, predominava a doutrina da Igreja. Na Europa, a religião, ao impor seus valores, chegou a forçar pensadores a verdadeiros retrocessos. O pensamento grego, quando contrário à doutrina cristã, era suprimido como pagão. Concepções Filosóficas Cristã A Cosmologia Aristotélica é explicada

    Palavras: 839 - Páginas: 4
  • Tcc astronomia

    bem mais amplo sobre o que fazer do próprio futuro e não somente escolher carreiras populares por não saberem da diversidade de empregos a seguir. Um destes casos é a astronomia, que é pouco conhecida, e como dito anteriormente, confundida com astrologia por não ter tido o conhecimento sobre essa matéria. Os livros que se tem sobre esse assunto em grande maioria são estrangeiros, e achá-los se torna difícil, quase que inacessível. O que dificulta bastante. Faz-se necessário que as bibliotecas

    Palavras: 3297 - Páginas: 14
  • Efvev

    -Segunda Linha do tempo: Passava um ar de liberdade, de querer a democracia, lutando contra os politicos da epoca. -Terceira Linha do tempo: Era a união da astrologia, magia, alquimia, medicina, arquitetura, engenharia, navegação,

    Palavras: 819 - Páginas: 4
  • Os pré-socráticos e os sofistas

    AULA VII FILOSOFIA DO DIREITO NA IDADE ANTIGA – OS PRÉ-SOCRÁTICOS E OS SOFISTAS Prof. Dr. Daniel Alves Magalhães 1. OS PRÉ-SOCRÁTICOS: OS PRIMEIROS FILÓSOFOS GREGOS Os Pré-Socráticos eram conhecidos como os filósofos da Natureza, também chamados de cosmocêntricos. O interesse filosófico deles era voltado para o mundo da natureza, da organização das coisas. Buscavam o absoluto numa determinação real da natureza. Eram

    Palavras: 1242 - Páginas: 5
Página 1 2 3 4 5 6 7 8 9 22