Comerciais E Industriais

Página 50 de 50 - Cerca de 500 ensaios
  • Tmp 10882 Lista3 251547236

    1 Prof. Pedro Cezar Dutra Fonseca EXERCÍCIOS DE ECONOMIA BRASILEIRA Lista de Exercícios n.º 3 QUESTÕES REFERENTES AO PERÍODO DE 1956-1964 (“JK E JAN/JAN”) A) Questões Discursivas: 1. ANPEC 95 Mostre a extensão e a natureza da intervenção estatal na execução do Plano de Metas do Governo Kubitschek. Discuta a necessidade dessa intervenção. 2. ANPEC 97 A conta de Transações Correntes do balanço de pagamentos foi deficitária em quase todo o período 1951-1963, exceção feita aos anos 1953, 1955 e

    Palavras: 4125 - Páginas: 17
  • Fichamento: história do pensamento econômico uma perspectiva crítica e.k. hunt

    Fichamento: História do pensamento econômico Uma perspectiva Crítica E.K. Hunt Introdução Uma Definição de Capitalismo *O capitalismo como sistema econômico, político e social dominante surgiu muito lentamente , em um período de vários sécu- los, primeiro na Europa Ocidental e, depois, em grande parte do mundo. * Entretanto, a maioria dos economistas concordaria que o capitalismo é um sistema econômico que funciona de modo bem diverso dos sistemas econômicos anteriores e dos sistemas

    Palavras: 4584 - Páginas: 19
  • O Brasil depois de 1945

    Índice: Introdução _________________________________ 2 O Brasil depois de 1945 : O retorno à democracia________________________________ 4 A Constituição de 1946 ________________________________ 4 O governo Dutra _____________________________________ 4 O segundo governo Vargas _____________________________ 5 Política de desenvolvimento industrial ____________________ 5 Tensões sociais ______________________________________ 5 O fim do governo Vargas _____________________________

    Palavras: 1477 - Páginas: 6
  • Propriedade industrial lei 9.279, de 14.05.1996

    TRABALHO DE PESQUISA Propriedade Industrial Lei 9.279, de 14.05.1996 1) Quais são os bens imateriais protegidos pelo direito industrial? São quatro os bens imateriais protegidos pela Propriedade Industrial: I - A patente de Invenção II - A patente de Modelo de Utilidade III - O Registro de Desenho Industrial IV - O Registro de Marca 2) Quais os direitos assegurados ao empresário titular desses bens? O empresário ou empresa titular, da patente ou registro, tem o direito

    Palavras: 1653 - Páginas: 7
  • Eia rima suinocultura

    EQUIPE MULTIDISCIPLINAR RESPONSÁVEL . ____. Douglas Alves da Silva - Engenheiro Químico . . – Tecnólogo Ambiental . . – Engenheiro Civil . . – Geólogo

    Palavras: 12804 - Páginas: 52
  • O trabalho ao longo dos tempos

    servilismo:- 1- As epidemias; 2- O crescimento do comércio; a burguesia; 3- O crescimento das cidades; 4- O aparecimento das atividades ligadas à pequena indústria. 9. AS CORPORAÇÕES As corporações resultam de diversos fatores:- o êxodo rural para as cidades;- o aparecimento de novas atividades e ofícios;- a forma de mercado; Fatores de extinção das corporações: a Revolução Francesa e a Revolução Industrial;-a noção de liberdade e de iniciativa; -o comércio internacional. 10. AS CORPORAÇÕES (CONT) Noção:

    Palavras: 3944 - Páginas: 16
  • Concreto protendido

    UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA – UNOESC FELIPE SALVADORI GUILHERME PICCOLI VOLMAR VINÍCIUS CANONICA ESTRUTURAS DE CONCRETO PRONTENDIDO JOAÇABA 2012 FELIPE SALVADORI GUILHERME PICCOLI VOLMAR VINÍCIUS CANONICA ESTRUTURAS DE CONCRETO PRONTENDIDO Trabalho apresentado ao componente curricular de Introdução á Engenharia Civil, na Universidade do Oeste de Santa Catarina. Orientadora: Prof. Angela Zamboni Piovesan JOAÇABA 2012 RESUMO Protender uma estrutura de

    Palavras: 2215 - Páginas: 9
  • Vantagens E Desvantagens Da Participa O Do Brasil No Mercosul

    FORMAÇÃO EM COMÉRCIO EXTERIOR PATRÍCIA NAOMI TAKAGI RENATA COSTA SILVA VANTAGENS E DESVANTAGENS DA PARTICIPAÇÃO DO BRASIL NO MERCOSUL MARÍLIA 2008 PATRÍCIA NAOMI TAKAGI RENATA COSTA SILVA VANTAGENS E DESVANTAGENS DA PARTICIPAÇÃO DO BRASIL NO MERCOSUL Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao Centro Universitário Eurípides de Marília, mantido pela Fundação de Ensino Eurípides Soares da Rocha, para obtenção do título de Bacharel em Administração com linha de formação em Comércio Exterior.

    Palavras: 14166 - Páginas: 57
  • Panorama do setor moveleiro no Brasil

    mercado interno, a partir do declínio do imposto inflacionário, e a incorporação de muitos consumidores até então excluídos. Ademais, procura enfocar os desafios que ainda estão presentes para que esse setor se torne um player significativo no comércio internacional de móveis. Entre tais desafios, o fortalecimento de toda a cadeia industrial – desde a produção de madeira serrada e produtos sólidos de madeira (proveniente de reflorestamentos) até a fabricação final do móvel – é fator essencial

    Palavras: 19612 - Páginas: 79
  • Nr-24 refeitorios

    24.3. Refeitórios. 24.3.1. Nos estabelecimentos em que trabalhem mais de 300 (trezentos) operários, é obrigatória a existência de refeitório, não sendo permitido aos trabalhadores tomarem suas refeições em outro local do estabelecimento. 24.3.2. O refeitório a que se refere o item 24.3.1 obedecerá aos seguintes requisitos: a) área de 1,00m2 (um metro quadrado) por usuário, abrigando, de cada vez, 1/3 (um terço) do total de empregados por turno de trabalho, sendo este turno o que tem maior número

    Palavras: 1730 - Páginas: 7
Página 1 42 43 44 45 46 47 48 49 50
Suivant