Motociclismo

Página 7 de 18 - Cerca de 178 ensaios
  • Halliday cap 5

    CAPÍTULO 5 FORÇA E MOVIMENTO-1 5.1 Porque a velocidade de uma partícula varia? Se uma força atua sobre um objeto a sua velocidade será modificada, logo ele apresentará uma aceleração. 5.2 Primeira lei de Newton ou Lei da inércia (referenciais inerciais) O estudo da dinâmica de corpos envolvendo grandezas vetoriais e escalares, no âmbito da mecânica clássica, (baixas velocidades e objetos atômica) é completamente descrito pelas três leis de Newton. Um objeto permanecerá em repouso

    Palavras: 6247 - Páginas: 26
  • Simulados detran

    A altura, a carga, a largura e o peso máximo que devem ser obedecidos pelo condutor do veículo constam na sinalização vertical de: regulamentação A mensagem contida na placa à direita é: Uso obrigatório de correntes A altura, a carga, a largura e o peso máximo que devem ser obedecidos pelo condutor do veículo constam na sinalização vertical de: regulamentação A mensagem contida na placa à direita é: Entroncamento oblíquo à direita Um silvo longo emitido pelo apito do agente de trânsito

    Palavras: 3739 - Páginas: 16
  • fisica cinematica

    1- As posições do móvel A, medidas em sua trajetória são: s1 = 50 km, no instante t1 = 1 h, e s2 = 250 km, no instante posterior t2 = 3 h. Notar que os índices 1 e 2 em t e s indicam apenas: 1, instante e posição anterior e 2, instante e posição posterior. Determine a velocidade média de A nesse intervalo de tempo 2- O móvel B tem posições indicadas na tabela abaixo. Determine sua velocidade média no intervalo de tempo: a) de 1 h a 2 h b) de 1 h a 5 h t (h) 1 2 3 4 5 s (km)

    Palavras: 1229 - Páginas: 5
  • escola

    Ao realizarem uma exploração subterrânea, dois exploradores A e B perdem-se um do outro, mas podem ouvir suas respectivas vozes. Realizam o seguinte experimento a fim de determinar a distância entre eles: o observador A pronuncia o nome do observador B marcando em seu cronômetro o momento em que o disse. Ao ouvir seu nome, o observador B emite uma resposta. O observador A anota o instante em que recebe a resposta de B. Entre a emissão e recepção sonoras de A passaram-se 50s. Considerando

    Palavras: 1246 - Páginas: 6
  • Intercorrências e intervenção de pacientes politraumatizados

    Geralmente, as vítimas de acidentes automobilísticos apresentam fraturas expostas, ou abertas, devido à alta energia. Os eventos traumáticos mais frequentes são os que envolvem motociclistas, seguidos por acidentes automobilísticos e pelas quedas. A prevalência de acidentes com moto pode ser explicada pelos seguintes fatores: motociclistas levam a maior exposição corpórea; maior dificuldade de visualização da moto por outros motoristas; e maior prevalência de comportamentos inadequados no trânsito. Sendo

    Palavras: 4493 - Páginas: 19
  • detran

    inverno. Opção 3 a diminuição da camada de ozônio, que tem trazido chuvas mais fortes em janeiro e fevereiro. Opção 4 o lixo jogado negligentemente nas ruas, que, acumulado, provoca o entupimento de ralos e bueiros. Questão 2: Um motociclista sofre um acidente, em uma via urbana,ao tentar ultrapassar, pela direita, um caminhão em uma curva. Enquanto espera-se a chegada do socorro, o motorista do caminhão deve: I. evitar movimentar a vítima; II. retirar o capacete da vítima para

    Palavras: 4495 - Páginas: 19
  • – Somos donos de nós mesmo? A ideologia libertária

    Ética, valores humanos e transdisciplinaridades Programa do curso 1 Introdução à ética: 1.1 A distinção entre ética e moral; 1.2 Os pressupostos da ação moral; 1.3 Ação moral, ação imoral, ação amoral; 1.4 A ética nos negócios. 2 Doutrinas éticas: 2.1 O utilitarismo ético; 2.2 A ideologia libertária; 2.3 O humanismo ético de Kant; 2.4 Ética da virtude de Aristóteles. 3 As questões éticas: 3.1 As morais brasileiras; 3.2 As morais empresariais; 3.3 Ética e capitalismo;

    Palavras: 1641 - Páginas: 7
  • Termos técnicos da engenharia com a letra “b”

    Faculdade Integrada do Norte de Minas – FUNORTE Primeiro período A Curso de Introdução a Engenharia TERMOS TÉCNICOS DA ENGENHARIA CIVIL COM A LETRA “B” Equipe: Cláudio Moreira Magalhães Diogo Almeida Costa Cristiane Josiely Vieira Barbosa Douglas Araújo Costa Pereira Orientadora: Maria Aparecida Graciano Montes Claros – 2012 Sumário TERMOS TECNICOS DA ENGENHARIA COM A LETRA “B” 2 1.1 BALDRAME 2 1.2 BARBACÃ 2 1.3 BARROTE 3 1.4 BRITADEIRA 3 1.5 BAGUETE 4 1.6 BETONEIRA 4

    Palavras: 1268 - Páginas: 6
  • Rese - pronuncia crime de transito

    EXCELENTISSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA 1° VARA DE DELITOS DE TRÂNSITO DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA/PR MARCELO SILVEIRA DOS SANTOS, brasileiro, solteiro, motorista, portador da cédula de identidade n° 9.278.626-9 e da CNH n° 034.082.887-40, residente e domiciliado na Rua Oscar Kranoski, 119, Jardim Gabineto – Curitiba/PR; Vem respeitosamente à Vossa Excelência, tempestivamente, por intermédio de seu

    Palavras: 1335 - Páginas: 6
  • Forca centipeda

    Prof. Paulo dos Santos Correia Dinâmica aplicada a movimentos circulares 1. A figura a seguir mostra um carro de 800 kg fazendo uma curva horizontal plana, de raio 50 m, em uma estrada asfaltada. Sabe - se que o coeficiente de atrito entre os pneus e o asfalto é de 0,8. Calcule a velocidade máxima que esse carro pode ter sem derrapar. I. No ponto A, a resultante das forças que agem sobre o carrinho é dirigida para baixo. lI. A intensidade da força centrípeta que age sobre o carrinho é maior em

    Palavras: 1578 - Páginas: 7
Página 1 4 5 6 7 8 9 10 11 18