À luz dos pensadores sofistas, Sócrates, Platão e Aristóteles quais os desafios para a educação hoje?

3059 palavras 13 páginas
A história da humanidade registra que o surgimento do saber filosófico ocidental se deu na Grécia antiga, onde surgiram pensadores que semearam o saber filosófico científico com reflexos inquestionáveis de conhecimentos que são estudados até os dias atuais. (BRASILEIRO, 2013, p.7)

Diante da problemática da educação atual, visaremos abordar as perspectivas educacionais e filosóficas dos sofistas à Aristóteles, como também todas suas influências e elucidações durante as constantes vivências e inquietações de pensamento, que serviram de base para a educação ocidental de hoje. Apresentando, assim, os desafios que ultrapassam a temporalidade da história da Filosofia na Educação. Os sofistas eram professores ambulantes, em um momento de
…exibir mais conteúdo…
Influenciava ativamente aqueles, que estivessem dispostos a ouvi-lo, a olharem para além das aparências exteriores definindo as causas e efeitos das situações através da própria verdade. Por negar a escrita, afirmando que esta seria “uma criação que representa ameaça à corrupção da memória e, portanto, o melhor discurso é o que se inscreve na alma e se materializa na fala” (ARAÚJO, 2008, p.120). É seu discípulo que apresenta o educador Sócrates como um mestre ignorantemente consciente da suas limitações e ignorância.
Na modéstia frase “Só Sei Que Nada Sei” é lançada a introdução do método socrático, a Maiêutica: condução dos seus ouvintes a pensar por si mesmos. Sócrates destrói, desse modo, as definições já fabricadas pela sociedade e a não existência da essência. Realizando assim, uma autodescoberta por meio do exercício da própria inteligência pelo uso da razão.
Ainda sobre o método que Sócrates utilizava, a Maiêutica podemos afirmar que:
Discutindo, ele perturba a quietude intelectual dos seus interlocutores com suas perguntas e com a sua ironia proverbial. Falando, ele força os seus interlocutores a se redefinirem; ele os desperta do sono intelectual no qual mergulham os preconceitos comuns e evidências gratuitas. (TARDIF, 2010, p.51)

Sendo assim, a Maiêutica se insere e ultrapassa a época na qual foi iniciada

Relacionados

  • Educação romana e grega
    7496 palavras | 30 páginas
  • Filosofia pré-socrática
    9830 palavras | 40 páginas
  • Corporeidade e motricidade humana
    13341 palavras | 54 páginas
  • A busca humana por valores universais
    12781 palavras | 52 páginas
  • Moacir gadotti
    15344 palavras | 62 páginas