Émile durkheim , sociologia da educação: sociedade, educação e vida moral.

930 palavras 4 páginas
O homem e a sociedade estão interligados entre muitos fatos que Durkheim estuda para entender melhor a relação entre eles. Os indivíduos vivem em mundo social, que sobrevive ao tempo de vida de cada um que nele habita, influenciando os modos de vida das próximas gerações. Durkheim difere o reino social, do mineral e vegetal e, utiliza outro nome ao primeiro como sendo também o reino moral. Este, por sua vez, seria o lugar onde processariam os “ fenômenos morais”, e seria composto por ambientes constituídos pelas “ideias” ou pelos “ideais” coletivos. Trata-se de um campo com caracteres próprios e que deve por isso ser explorado através de métodos apropriados.
A vida social se dá, para Durkheim, nesse “meio moral”, que está para as
…exibir mais conteúdo…
Durkheim chama-se de representação mental, aquilo que criamos uma ideia de algo que não conhecemos. Ele identifica essas representações como:
Individuais: se refere a nossa pessoa, da vida como indivíduo, ao mesmo tempo sendo social, com nossas crenças e hábitos, valores e estados mentais, mas, que não revelam uma personalidade privada.
Coletivas: Não derivam dos individuos considerados isoladamente, mas de sua cooperação na construção do resultado comum dessa colaboração onde cada um entra com uma parte.
Tais conteúdos são dados pelo meio moral que compartilhamos, pelas crenças, valores e regras, produzidos pelas gerações de individuos passadas e presentes da sociedade em que vivemos.
A cooperação entre individuos, surge através da divisão do trabalho social, que predomina na vida coletiva numa determinada época, tornando diferentes tipos de cooperação, dando origem a uma vida moral diferente. Nela, serão transmitidos valores, crenças e normas de geração para geração, que ao nascer, recebe pronta na forma de educação. Afinal, ninguém nasce sabendo, alguns nunca aprendem por isso precisamos da educação para aprendermos a ser membros da sociedade da qual fazemos parte.
Para que uma sociedade possa existir, precisa-se da presença de um consenso. O tipo de solidariedade que se estabelece entre as pessoas da sociedade é o que Durkheim chama de

Relacionados

  • Curso Fundamentos da Sociologia da Educação Teste Questionário Unidade I (2014/1)
    2106 palavras | 9 páginas
  • atd1 sociologia da educação
    2385 palavras | 10 páginas
  • ÉMILE DURKHEIM: “Arquiteto e Herói Fundador”
    1648 palavras | 7 páginas
  • Sociologia na educação infantil
    927 palavras | 4 páginas
  • A Revolução Industrial e Seus Reflexos na Educação
    1395 palavras | 6 páginas
  • O surgimento da sociologia como ciência
    953 palavras | 4 páginas
  • Reação do texto educação e sociologia capítulos 1 e 3 émile durkheim
    912 palavras | 4 páginas
  • Sociologia
    1615 palavras | 7 páginas