Ética e o papel de gestor de recursos humanos nas organizações

3079 palavras 13 páginas
A ÉTICA

E A

GESTÃO

A ÉTICA E GESTÃO

Manuela Sarmento Coelho (*)
Prof.ª Associada com Agregação

1. BREVE INTRODUÇÃO SOBRE MORAL E ÉTICA Remonta à Idade Antiga, a cerca de 2500 anos AC, o primeiro código de “justiça social”. No Antigo Egipto a solidariedade social era encorajada, pois as pessoas ajudavam-se umas às outras e, nas situações calamitosas, até o próprio faraó contribuía para dar pão e abrigo aos mais pobres (Hudson, 1999). De facto o ser humano não é indiferente à fome que o seu semelhante passa, assim como a violência o horroriza. A indignação e a tristeza são sentimentos baseados no senso moral, que orienta o indíviduo quando escolhe determinada acção em detrimento de outra. O senso moral deriva da consciência
…exibir mais conteúdo…
Também o Papa João Paulo II na Encíclica Centesimus Annus, afirma que “a finalidade da organização não é simplesmente a produção de benefícios, mas principalmente a própria existência da organização como uma comunidade de pessoas que, de diversas maneiras, buscam a satisfação das suas necessidades fundamentais e constituem um grupo particular ao serviço da sociedade inteira”. Tanto na visão de Drucker como na do Papa João Paulo II, estes conceitos implicam uma série de compromissos que a organização assume, quer com a sociedade em que se insere, quer com os trabalhadores que a integram. Porém, não se podem atribuir à organização todas as responsabilidades sociais, pois o Estado detém uma parcela significativa, se bem que por vezes pretenda passar parte da sua responsabilidade social para as organizações, por não ter capacidade para a assumir. Neste sentido, Meireles (2002) refere que “o Estado cada vez mais é um mero regulador, transferindo as suas atribuições para a sociedade civil organizada, nomeadamente para as empresas e organizações não governamentais”. De facto, as organizações têm responsabilidades sociais, mas há que balizar as que pertencem ao Estado e as que pertencem às empresas, por forma a que haja justiça social e os impostos que todos devemos pagar sejam aplicados no bem público. Contudo a

Relacionados

  • O PAPEL DO FISCAL E DO GESTOR DE CONTRATOS ADMINISTRATIVOS
    2167 palavras | 9 páginas
  • O papel e a importância da administração estratégica de recursos humanos como agente fomentador da educação ambiental
    4572 palavras | 19 páginas
  • apostila de comporatmento humano nas organizações
    12024 palavras | 49 páginas
  • O novo perfil do gestor de recursos humanos
    1332 palavras | 6 páginas
  • O papel do gestor na qualidade de vida no trabalho
    3417 palavras | 14 páginas
  • Competências e habilidades necessárias ao gestor de recursos humanos
    828 palavras | 4 páginas
  • Quais as diferenças entre o velho e o novo papel de Recursos Humanos na gestão hospitalar? Cite exemplos.
    1257 palavras | 6 páginas
  • O papel do gestor de rh
    2148 palavras | 9 páginas
  • 21869_TRABALHO DE COMPORTAMENTO HUMANO NAS ORGANIZAÇÕES 2014
    3520 palavras | 15 páginas