ética geral e profissional

995 palavras 4 páginas
1- Quais as condições necessárias e suficientes para caracterizar a ação humana, segundo Aristóteles. Justifique-as!

Para Aristóteles a ação humana deve ser baseada predominantemente na razão, pois quando agimos baseados unicamente na paixão, acabamos realizando o vício. Dessa forma, quando agirmos conforme a natureza humana, agimos com a razão e praticamos com perfeição os atos, o que leva a que a ação seja virtuosa. Além disso, Aristóteles acredita que a ação não pode ser baseada na ideia do prazer, do utilitarismo.
Assim, Aristóteles desenvolve a teoria finalista da ação, a qual estabelece que toda ação busca a realização do bem, sendo que o bem é o fim de todas as nossas forças. Tal teoria foi a primeira teoria da ação do ocidente e está presente em Ética a Nicômaco.
Dessa maneira, a ação humana para Aristóteles é caracterizada por três elementos:
- motor interno: é o elemento que causa a ação, ou seja, é a vontade, desejo ou intenção que todos os seres vivos têm no momento anterior ao agir.
- conhecimento das circunstâncias: é o elemento cognitivo, onde só se pode agir quando se tem determinados elementos circunstanciais conhecidos. Ainda assim, é um elemento que pertence a todos os seres vivos.
- potência dos contrários: é o último que define a ação humana. Potência é a possibilidade para que a pessoa possa deliberar entre fazer A ou não-A, e, portanto, essa escolha é única dos seres humanos já que é algo racional a opção entre fazer algo ou não. Como é

Relacionados

  • Etica geral e profissional
    2042 palavras | 9 páginas
  • Etica Geral e Profissional
    1286 palavras | 6 páginas
  • Projeto de pesquisa - sigilo profissional com relação à secretária executiva
    2451 palavras | 10 páginas
  • Ética geral e profissional
    2808 palavras | 12 páginas
  • Ética dos auxiliares da justiça
    3634 palavras | 15 páginas
  • Resumo sobre o conceito de etica e a profissão forense
    2711 palavras | 11 páginas
  • Ética
    1654 palavras | 7 páginas