10 MITOS EM TORNO DO CRIACIONISMO

4153 palavras 17 páginas
MITOS EM TORNO DO CRIACIONISMO BÍBLICO
1. “Criacionistas não acreditam que as espécies variam”

Uma muito popular caricatura dos criacionistas é a de que eles ensinam o fixismo (a crença de que as espécies não variam). Como as espécies obviamente variam, os evolucionistas adoram levantar este argumento-palha como forma de vencerem um debate que nunca o foi verdadeiramente.
Antes da publicação do livro On the Origin of Species por parte de Darwin, alguns cristãos de facto afirmavam que as espécies eram imutáveis.
Convém no entanto ressalvar que parte do problema se deve ao facto da palavra “espécie” possuir na altura uma definição ligeiramente distinta daquela que usamos hoje. Como se isso não fosse suficiente, não havia razão alguma para inicialmente se assumir o fixismo.
Os criacionistas há muito que se maravilham com a diversidade existente dentro do tipo-criado (ou “baramin“). Nós sabemos que as espécies variam, mas o problema (para os ateus) é que a variação que a ciência observa é sempre dentro do mesmo tipo. Por mais que se variem gatos, eles hão-de sempre ser gatos e nunca cães ou elefantes.
Os militantes ateus, por outro lado, acreditam que, desde que haja variações, tudo é possível. Parece que a genética mendeliana não ainda não foi bem aceite pela comunidade ateísta.
A variação das espécies por meio da selecção natural (e mutações) está perfeitamente de acordo com a Bíblia. Estas variações não são evidência de “evolução em acção”, mas sim mais um testemunho

Relacionados

  • Kanban em 10 passos
    14171 palavras | 57 páginas
  • Resumo do coffito resolução 10
    881 palavras | 4 páginas
  • Inflação dos ultimos 10 anos
    1284 palavras | 6 páginas
  • Resumo- o mito do desenvolvimento economico
    649 palavras | 3 páginas
  • Planejamento e Execução do T&D
    1582 palavras | 7 páginas
  • Jean-pierre vernant - do mito à razão
    5260 palavras | 22 páginas
  • Importância dos inflamossomos na infecção T. cruzy
    2615 palavras | 11 páginas
  • Obtenção do cloreto de t-butila a partir do álcool t-butílico
    1899 palavras | 8 páginas
  • O Mito Do Rei Midas
    816 palavras | 4 páginas
  • Regulação fisiológica do vômito
    918 palavras | 4 páginas