A Colonização Portuguesa na Amazônia

3450 palavras 14 páginas
Governo do Estado do Amazonas
Secretaria Estadual de Educação
Colégio Amazonense Dom Pedro II

Resumo de História:
A Colonização Portuguesa na Amazônia nos séculos XVII e XVIII.

Manaus/2013

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO--------------------------------------------------------------------------04
1. ECONOMIA E SOCIEDADE COLONIAL-------------------------------------05
1.1. Drogas do Sertão--------------------------------------------------------------------05
2. EXTRATIVISMO E AGRICULTURA-------------------------------------------06
2.1. Incentivos a agricultura-------------------------------------------------------------06
2.2. Riqueza ou
…exibir mais conteúdo…

As aspirações metropolitanas não preocupavam os portugueses, pois suas economias extrativistas ultrapassavam o comércio de ilhas do Oriente.Segundo José Oscar Beozzo, os portugueses não ocupariam o imenso vale amazônico sem as drogas do sertão, se não o tivessem procurado, os missionários não encontrariam base material subsistente para a catequese dos índios.
EXTRATIVISMO E AGRICULTURA

Belém foi a cidade escolhida para ser a “base para a reconstituição do comércio de especiarias, perdido pelos portugueses na Ásia”. As drogas do sertão eram uma sucessão aos produtos a Índia, já que concediam maior lucro, o que os preocupava, era o modo de como extraviavam, uma maneira que levaria a extinção de várias espécies.
A solução que a Coroa portuguesa encontrou foi o mandato de que a extração das drogas só poderia ser feita em certo período, no seu devido amadurecimento e proibida a extração em certas áreas, conforme afirma J.R. Bessa Freire. Havia problema no método de carregamento, as canoas por onde conduziam as drogas, eram tripuladas por quantia gradativamente grande de indígenas, que permaneciam nos rios do vale por meio ano ou mais, a preocupação era a ausência dessa força de trabalho, que fornecia auxílio.
Várias pessoas criticaram

Relacionados

  • GASTRONOMIA PARAENSE
    1839 palavras | 8 páginas
  • Resenha: livro o seringal e o seringueiro de cezar arthur reis
    1630 palavras | 7 páginas
  • brasil multicultural
    3249 palavras | 14 páginas
  • Questão social na amazonia
    3248 palavras | 13 páginas
  • Modelo econômico primário exportador 1500 - 1930
    6183 palavras | 25 páginas
  • Chegada dos europeus: primeiras explorações
    1255 palavras | 6 páginas
  • Colonização da américa portuguesa
    1610 palavras | 7 páginas
  • A influência indígena na cultura brasileira
    916 palavras | 4 páginas
  • As relações entre os portugueses e indigenas
    1478 palavras | 6 páginas
  • Resenha do livro "formação do brasil contemporâneo" de caio prado jr
    4985 palavras | 20 páginas