A IMPORTÂNCIA DO FARMACÊUTICO NA GESTÃO PÚBLICA

4560 palavras 19 páginas
UNIP- UNIVERSIDADE PAULISTA

A IMPORTÂNCIA DO FARMACÊUTICO NA GESTÃO PÚBLICA

MANAUS - AM
UNIP- UNIVERSIDADE PAULISTA

A IMPORTÂNCIA DO FARMACÊUTICO NA GESTÃO PÚBLICA

ALUNA:PATRICIA BRANCHES (RA- B63505-3)

MANAUS 17 DE MAIO 2013
RESUMO
Um dos grandes desafios da humanidade sempre foi controlar, reduzir os efeitos ou eliminar os sofrimentos causados pelas enfermidades. A saúde de uma população não depende apenas dos serviços de saúde e do uso dos medicamentos. Entretanto, é inegável sua contribuição e a importância do medicamento no cuidado à saúde. Como uma ação de saúde pública e parte integrante do sistema de saúde, a Assistência
…exibir mais conteúdo…
rar, junto a outros profissionais, a Relação Municipal de Medicamentos utilizando critérios preconizados pelo Ministério da Saúde e OPAS/OMS, promovendo sua divulgação para os diversos profissionais de saúde;
»Definir os medicamentos a serem fracionados e manipulados e acompanhar sua produção;
»Elaborar, em conjunto com outros profissionais, informes técnicos, protocolos terapêuticos e materiais informativos sobre Assistência Farmacêutica e medicamentos, bem como promover sua divulgação;
»Elaborar e acompanhar a implementação de normas e Procedimentos Operacionais Padrão (POP) das ações da Assistência Farmacêutica para organização dos serviços, bem como divulgá-los e revisá-los periodicamente;
»Acompanhar o processo de utilização de medicamentos no município, realizando Estudos de Utilização de Medicamentos, elaborando propostas para melhor utilização;
»Elaborar, junto à equipe multiprofissional, protocolos e regulações relativas ao fornecimento de medicamentos aos usuários e à dispensação de medicamentos;
»Viabilizar e acompanhar a utilização de protocolos terapêuticos;
»Planejar e promover capacitações e treinamento de farmacêuticos e auxiliares da farmácia;
»Promover a captação e acompanhamento de estagiários e acadêmicos de Farmácia;
»Elaborar e implementar, em conjunto com outros profissionais, plano de ação para a farmácia, com acompanhamento e avaliações periódicas;
»Promover discussões com gestor e equipe de saúde sobre a assistência farmacêutica;

Relacionados