A Lenda do Grau 7

1097 palavras 5 páginas
AUG LOJ DE PERF DOM PEDRO I PALMAS-TO
CÍCERO BATISTA COELHO – CIM-219415

A LENDA DO GRAU SETE

A função de juiz entre os hebreus remonta ao tempo de Josué e durante o período de dificuldades vivido pelas doze tribos. Nesta época, estes exerciam o papel de chefes e libertadores e foram mais heróis do que magistrados. Foram doze os Juízes dentre eles se destacou Sansão pela sua força e bravura. Mais tarde, durante a construção do Templo e após a morte de Hiram Abiff, o Rei Salomão, por razões de fortalecimento dos meios de preservação da ordem entre o vasto numero de operários envolvidos na construção do Templo, resolveu instituir um Tribunal composto de sete Prebostes e Juízes com a missão de ouvir todas as reclamações e resolveram as disputas entre os trabalhadores, aplicando a Justiça. Tito, Adoniram e Abdá foram os primeiros Prebostes e Juízes instruídos por Salomão. Tito era o Príncipe dos Harodim, ou seja, os trezentos principais dirigentes da edificação do Templo e também o depositário da chave da urna onde permaneciam as atas das sentenças. Embora ele seja apresentado como o primeiro Preboste e Juiz nomeado por Salomão, este personagem parece ser mais místico do que real, pois seu nome não está presente na língua hebraica e nem apresenta qualquer significado conhecido. Ele é apresentado como um dos favoritos do Rei de Israel. Diz que ele presidia a Loja de Intendentes da construção do Templo e foi um dos doze cavaleiros designados para as doze

Relacionados

  • Lenda do Boto e Curupira
    879 palavras | 4 páginas
  • exercicios função do primeiro grau
    809 palavras | 4 páginas
  • Os painéis do Grau 18
    2810 palavras | 12 páginas
  • Equação do 2° grau
    789 palavras | 4 páginas
  • A lenda do quibungo
    1379 palavras | 6 páginas
  • 50 lendas urbana do site assombrado.com
    14115 palavras | 57 páginas
  • Lendas folclóricas do brasil
    802 palavras | 4 páginas
  • equações do 2° grau
    1645 palavras | 7 páginas