A VERDADEIRA HISTÓRIA DO NATAL

1051 palavras 5 páginas
A VERDADEIRA HISTÓRIA DO NATAL!

Roma, século 2, dia 25 de dezembro. A população está em festa, em homenagem ao nascimento daquele que veio para trazer benevolência, sabedoria e solidariedade aos homens. Cultos religiosos celebram o ícone, nessa que é a data mais sagrada do ano. Enquanto isso, as famílias apreciam os presentes trocados dias antes e se recuperam de uma longa comilança.
Mas não. Essa comemoração não é o feriado do Natal. Trata-se de uma homenagem à data de "nascimento" do deus persa Mitra, que representa a luz e, ao longo do século 2, tornou-se uma das divindades mais respeitadas entre os romanos. Qualquer semelhança com o feriado cristão, no entanto, não é mera coincidência.
A história do Natal começa, na verdade, pelo menos 7 mil anos antes do nascimento de JC. É tão antiga quanto à civilização e tem um motivo bem prático: celebrar o solstício de inverno, a noite mais longa do ano no hemisfério norte, que acontece no final de dezembro. Dessa madrugada em diante, o sol fica cada vez mais tempo no céu, até o auge do verão. É o ponto de virada das trevas para luz: o "renascimento" do Sol. Num tempo em que o homem deixava de ser um caçador errante e começava a dominar a agricultura, a volta dos dias mais longos significava a certeza de colheitas no ano seguinte. E então era só festa. Na Mesopotâmia, a celebração durava 12 dias. Já os gregos aproveitavam o solstício para cultuar Dionísio, o deus do vinho e da vida mansa, enquanto os egípcios relembravam a

Relacionados

  • Historia dos cogumelos
    2059 palavras | 9 páginas
  • Historia do varejo
    2604 palavras | 11 páginas
  • O natal dos Contos de Fadas
    839 palavras | 4 páginas
  • Historia do boticario
    8341 palavras | 34 páginas
  • Resumo do livro o melhor natal do mundo
    909 palavras | 4 páginas
  • Psicologia do desenvolvimento: ciclo vital - pré natal
    3593 palavras | 15 páginas
  • A verdadeira historia da internet
    1600 palavras | 7 páginas
  • História do Futebol
    3229 palavras | 13 páginas
  • A origem do natal
    3475 palavras | 14 páginas