A afirmação histórica dos direitos humanos - fabio konder comparato

1343 palavras 6 páginas
Resenha

A Afirmação Histórica dos Direitos Humanos
Fábio Konder Comparato

Desde o início, o homem é visto como criatura que tem o poder de submeter os outros seres, uma vez que cada um destes foi nomeado pelos humanos, poder dado por Deus que foi essencial na ordem da criação. O surgimento dos pensadores e da filosofia atribuiu aos seres humanos nova justificativa para sua eminente posição no mundo. Abriu caminho para descobertas cientificas que justificassem a origem da espécie, sendo esta ápice da cadeia evolutiva dos seres vivos. Os cientistas atribuíram ao processo evolutivo uma lógica, que tornou possível a compreensão da existência e evolução humana a partir da biologia e da ciência, o que acabou
…exibir mais conteúdo…
As Grandes Etapas Históricas na Afirmação dos Direitos Humanos

A consciência de que novas regras de convivência devem ser criadas vem com a experiência. Ao longo de massacres e mortes, as pessoas viam-se horrorizadas e cada vez mais exigindo vida digna a todos, unificando a humanidade. Este processo só seria possível com invenções tecnológicas, ou solidariedade técnica, que deixaria os meios de convivência mais palpáveis, pela afirmação dos Direitos Humanos, ou

Relacionados

  • A afirmação histórica dos direitos humanos
    1340 palavras | 6 páginas
  • As grandes etapas históricas na afirmação dos direitos humanos
    1875 palavras | 8 páginas
  • A Evolução Histórica dos Direitos Humanos
    4514 palavras | 19 páginas
  • Análise de textos sobre a filosofia do direito
    2507 palavras | 11 páginas
  • EDUCAÇÃO FAMILIAR, BASE DE UMA SOCIEDADE SAUDÁVEL
    4278 palavras | 18 páginas
  • livros lfg
    5175 palavras | 21 páginas
  • Direitos humanos e politicas publicas
    15710 palavras | 63 páginas
  • Direitos humanos x policiais militares
    4835 palavras | 20 páginas
  • GERENCIAMENTO DE CRISES: Negociação e atuação de Grupos Especiais de Polícia na solução de eventos críticos
    17751 palavras | 71 páginas