A câmara clara - roland barthes (resumo)

4644 palavras 19 páginas
A CÂMARA CLARA – Nota sobre a fotografia
ROLAND BARTHES
RESUMO

Meu interesse pela Fotografia adquiriu uma postura mais cultural. Decretei que gostava da Foto contra o cinema, do qual, todavia, eu não chegava a separá-la. Em relação à Fotografia, eu queria saber o que ela era “em si”, por que traço essencial ela se distinguia da comunidade das imagens. Eu não estava certo de que a Fotografia existisse, de que ela dispusesse de um “gênio” próprio.

A Fotografia é inclassificável. O que a Fotografia reproduz ao infinito só ocorre uma vez: ela repete mecanicamente o que nunca mais poderá repetir-se existencialmente. Ela reduz sempre o corpus de que tenho necessidade ao corpo que vejo; ela é o Particular absoluto.

Uma foto não pode ser transformada filosoficamente, ela está inteiramente lastreada com a contingência de que ela é o envoltório transparente e leve. A Fotografia é sempre apenas um canto alternado de “Olhem”, “Olhe”, “Eis aqui”. É por isso que, assim como é lícito falar de uma foto, parecia-me improvável falar da Fotografia.

Tal foto, com efeito, jamais se distingue de seu referente. Perceber o significante fotográfico não é impossível, mas exige um ato segundo de saber ou de reflexão. Diríamos que a Fotografia sempre traz consigo seu referente, ambos atingidos pela mesma imobilidade amorosa ou fúnebre, no âmago do mundo em movimento. A Fotografia pertence a essa classe de objetos folhados cujas duas folhas não podem ser separadas

Relacionados

  • Resenha Crítica do texto Aula, de Roland Barthes
    332 palavras | 2 páginas
  • Câmara clara e escura
    897 palavras | 4 páginas
  • Conceito de texto segundo a visão de roland barthes
    995 palavras | 4 páginas
  • Cianotipia em grande formato: Processo alternativo de reprodução de imagens em câmara clara. Uma abordagem das dimensões da linguagem, cor e espaço.
    4275 palavras | 18 páginas
  • O vestuário de moda sob a ótica da gestalt com o discurso de roland barthes
    2615 palavras | 11 páginas
  • camara escura e clara
    1835 palavras | 8 páginas
  • A MENSAGEM FOTOGRÁFICA* Roland Barthes
    5531 palavras | 23 páginas
  • Fichamento de A Câmara Clara - Roland Barthes
    2545 palavras | 11 páginas
  • Resenha de “a retórica da imagem” de roland barthes
    1854 palavras | 8 páginas