A cidadania no brasil

1374 palavras 6 páginas
A CIDADANIA NO BRASIL A história da cidadania no Brasil está diretamente ligada ao estudo histórico da evolução constitucional do País. A Constituição imperial de 1824 e a primeira Constituição republicana de 1891 consagravam a expressão cidadania. Mas, a partir de 1930, observa Wilba Bernardes[1][15], ocorre uma nítida distinção nos conceitos de cidadania, nacionalidade e naturalidade. Desde então, nacionalidade refere-se à qualidade de quem é membro do Estado brasileiro, e o termo cidadania tem sido empregado para definir a condição daqueles que, como nacionais, exercem direitos políticos. A história da cidadania no Brasil é praticamente inseparável da história das lutas pelos direitos fundamentais da pessoa: lutas marcadas por massacres, violência, exclusão e outras variáveis que caracterizam o Brasil desde os tempos da colonização. Há um longo caminho ainda a percorrer: a questão indígena, a questão agrária, posse e uso da terra, concentração da renda nacional, desigualdades e exclusão social, desemprego, miséria, analfabetismo, etc. Entretanto, sobre a cidadania propriamente dita, dir-se-ia que esta ainda engatinha, é incipiente. Passos importantes já foram dados. A segunda metade do século XX foi marcada por avanços sócio-políticos importantes: o processo de transição democrática, a volta de eleições diretas, a promulgação da Constituição de 1988 “batizada” pelo então presidente da constituinte Ulysses Guimarães de a “Constituição Cidadã”. Mas há

Relacionados

  • cidadania
    1443 palavras | 6 páginas
  • Cidadania no Brasil - Fichamento Cap. 2 e 3 - José Murilo de Carvalho
    923 palavras | 4 páginas
  • A construção da cidadania no Brasil: entre Império e Primeira República
    11669 palavras | 47 páginas
  • Resenha: cidadania no brasil: o longo caminho josé murilo de carvalho
    1699 palavras | 7 páginas
  • A dificil construcao da cidadania no brasil
    1498 palavras | 6 páginas
  • Cidadania e violencia no brasil
    2022 palavras | 9 páginas
  • autoatividade cidadania
    1360 palavras | 6 páginas