A criança e as relações espaciais

1480 palavras 6 páginas
Resenha texto “A criança e as relações espaciais”

Evolução da noção do espaço Segundo o texto, o espaço vivido refere-se ao espaço físico, vivenciado através do movimento e do deslocamento. O espaço percebido não precisa mais ser experimentado fisicamente, sendo a criança da escola primária capaz de distinguir as distâncias e a localização dos objetos, iniciando aí o estudo da geografia. Por isso, o professor nas séries iniciais deve se preocupar em propor atividades que desenvolvam conceitos e noções mais do que um conteúdo sistemático. Entre 11 e 12 anos o aluno começa a perceber o espaço concebido, sendo capaz então de raciocinar sobre uma área retratada em um mapa, sem tê-la visto antes. No processo evolutivo, a criança passa a ter uma visão sistemática do mundo, e para ela os objetos e o espaço que eles ocupam são indissociáveis, sendo que a posição de cada objeto é dada em função do todo no qual ela se insere. Já para crianças pequenas de até 6 anos, a localização e o deslocamento de elementos são definidos a partir de referenciais dela., o que dificulta a distinção de categorias de localização espacial.
Cabe ao professor ajudar o aluno a estabelecer essas categorias para chegar a estruturas de organização espacial. Ele deve ainda levar o aluno a estender os conceitos adquiridos sobre espaço.
A exploração do espaço ocorre a partir do nascimento, através de experiências que a criança realiza em seu entorno, seja ao ser segurada no colo, colocada ao seio para

Relacionados

  • A clinica e a criança
    2620 palavras | 11 páginas
  • Neotenia e Relações Precoces
    1019 palavras | 5 páginas
  • O trabalho e descobertas das sondas espaciais
    3202 palavras | 13 páginas
  • A criança e a cultura lúdica
    4901 palavras | 20 páginas
  • Relações humanas e grupos
    788 palavras | 4 páginas
  • Relações Trabalhistas e sindicais
    5343 palavras | 22 páginas
  • senasp criança e adolecente
    654 palavras | 3 páginas