A crise econômica do séc xvii

894 palavras 4 páginas
Hobsbawm, Eric. “A crise geral da economia europeia no século XVII”. In: Santiago, Theo. Do feudalismo ao capitalismo: uma discussão histórica. 10 ed. São Paulo: Contexto, 2006, pp. 78-92 [1ª Parte] e pp. 92-117 [2ª Parte]. Em “A Crise Geral da Economia Europeia no Século XVII”, Eric Hobsbawm põem em ordem parte das evidências que demonstram a existência de uma crise geral na economia europeia, que até hoje ainda é muito discutida e tenta através deste artigo propor uma explicação coerente para a mesma. Segundo o autor o século XVII foi marcado por uma grande crise geral na economia europeia, sendo este momento considerado como a última fase na transição do feudalismo para o capitalismo. Ainda assim o autor ressalta que desde o ano de 1300 …exibir mais conteúdo…
Outros exemplos dessa queda de produção ocorreram na Alemanha, partes da França e Polônia, já a Suíça passou por um desenvolvimento industrial relativamente rápido, um incremento das industrias extrativas na Inglaterra e na Suécia e um importante aumento na de trabalho domestico rural, às custas da produção artesanal urbana ou local, podendo ter levado ou não a um aumento liquido na produção total. No comércio

Relacionados

  • Cap. 2 – a sociologia como produto histórico. (in: lemos filho, arnaldo e outros. sociologia geral e do direito. campinas: ed. alínea, 2004, p. 37 – 54)
    1226 palavras | 5 páginas
  • Sociologia e o estudo da sociedade humana
    1300 palavras | 6 páginas
  • revitalização das docas de belem
    867 palavras | 4 páginas
  • Brasil imperio
    4264 palavras | 18 páginas
  • APOGEU E DESAGREGAÇÃO DO SISTEMA COLONIAL
    5456 palavras | 22 páginas
  • Industrializacão do Japão
    1674 palavras | 7 páginas
  • Estudo Dirigido Sociologia
    1334 palavras | 6 páginas
  • Classicismo e Barroco, questionário respondido.
    1485 palavras | 6 páginas
  • Ciencia humana
    11172 palavras | 45 páginas
  • Apontamentos de História Económica e Social
    4704 palavras | 19 páginas