A educação sob a visão de santo agostinho

2063 palavras 9 páginas
A EDUCAÇÃO SOB A VISÃO DE SANTO AGOSTINHO

*JHENNY WELLEN SILVA GOMES
*MARIA JOSÉ DAS CHAGAS SILVA

“Ensinar é fazer aprender e aprender não é mais do que relembrar aquilo que já se sabe”.
Santo Agostinho (354- 430)

_________________________________

*Acadêmicas do Curso de Pedagogia da Universidade Federal do Maranhão (UFMA)
A EDUCAÇÃO SOB A VISÃO DE SANTO AGOSTINHO

Resumo Este artigo visa expor a educação sob a perspectiva de Santo Agostinho a partir de suas teorias pautadas na religião cristã. Segundo o mesmo, para que o homem pudesse chegar ao verdadeiro conhecimento deve passar por um processo de interiorização, no qual se afasta de sua materialidade que se encontra em sua alma graças à iluminação divina. Para tanto,
…exibir mais conteúdo…
Ademais apresenta o quarto grau: a verdade, esta pertencente a Deus. Dessa forma, o conhecimento sensível é aquele que provém dos sentidos, uma vez que são levados à memória e organizados pelo indivíduo; A sensação diz respeito às necessidades e estados do corpo ou as coisas exteriores, ou seja, não são os objetos que produzem conhecimento no homem, mas o homem que sensoria os objetos; por fim a razão é o meio ou a mediadora entre o nosso sentido interior e as verdades externas, imutáveis e universais, em outras palavras, a razão possui duas funções no homem: a razão da ação (da ciência) e a razão da contemplação (da verdade). Com isso, a educação de Santo Agostinho aparece como um processo de interiorização, na qual o homem se afasta de sua materialidade, dos pecados terrenos, não precisando se livrar do corpo, mas criando condições ideais para voltar-se para seu interior, no intuito de encontrar a Verdade em sua alma, graças à iluminação Divina, podendo assim usufruir da felicidade completa na contemplação de Deus:
Se durante a etapa de sua vida humana, a alma vence as cobiças com que ele se nutriu pelo gozo das coisas perecedoras, se ela crê que para vencê-las Deus a ajuda do socorro de sua graça, e se submete a ele, em espírito e boa vontade, então, sem dúvida alguma, ela será regenerada [...] (AGOSTINHO, 1992, p.56). Dessa maneira, o homem só aprende em seu interior, a partir

Relacionados

  • Memória de aula filosofia
    5373 palavras | 22 páginas
  • Pensamento político de pensadores
    2539 palavras | 11 páginas
  • Desenvolvimento pessoal e profissional QUESTÕES aula 1
    1564 palavras | 7 páginas
  • dpp aula tema 1 - mundo como você ve
    1334 palavras | 6 páginas
  • Santo agostinho e são tomas de Aquino
    3092 palavras | 13 páginas
  • Filosofia politica africana
    7539 palavras | 31 páginas
  • A Razão e a Alma como Fomentadores da Ação em Sociedade.
    10380 palavras | 42 páginas
  • Reflexão sobre a dúvida como processo para o conhecimento no discurso do método de descartes
    5667 palavras | 23 páginas
  • 1. As características filosóficas do cristianismo
    2902 palavras | 12 páginas