A era fordista

1061 palavras 5 páginas
GESTÃO DA INOVAÇÃO

A ERA FORDISTA E A CONCORRÊNCIA OLIGOPOLISTA

Santa Cruz do Capibaribe. -PE. 28 de março de 2012.
A ERA FORDISTA E A CONCORRÊNCIA OLIGOPOLISTA

REFERÊNCIA: TIGRE, Paulo Bastos, 1952- Gestão da inovação: a economia da tecnologia do Brasil / Paulo Bastos Tigre. — Rio de Janeiro: Elsevier. — 7ª reimpressão. il.Cap.3.P. 33-52.

O capítulo 3 do livro Gestão da inovação: a economia da tecnologia do Brasil de Paulo Bastos Tigre, que aborda o tema A Era Fordista e a Concorrência Oligopolista faz um estudo sobre as inovações da era fordista, o surgimento da eletricidade, do motor a combustão e da indústria do petróleo, a filosofia da administração científica de Taylor, a linha de montagem de Ford, os conceitos de Schumpeter e a função de produção. No início do século XX, inovações tecnológicas e organizacionais que havia décadas estavam em gestação entraram em fase de rápida difusão, ampliando a escala e a dimensão geográfica dos negócios. O oligopólio se transformou na estrutura característica de vários segmentos das indústrias européia e norte-americana. Alfred Chandler identificou a origem e o crescimento da grande empresa moderna em uma cadeia de eventos interligados, sendo o primeiro elo o cluster de inovações que provocaram uma revolução no campo dos transportes e das comunicações. A ferrovia e o telégrafo facilitaram um aumento substancial tanto no volume quanto na velocidade da produção, inovações estas que permitiram a dinâmica do crescimento e

Relacionados

  • Pós-fordismo e as mudanças de ênfase ao trabalhador
    826 palavras | 4 páginas
  • Tempos modernos e o taylorismo - fordismo nas fábricas do século xx
    2057 palavras | 9 páginas
  • Comparativo de desempenho entre sistemas de produção: artesanal, taylorista, fordista e toyotista
    3537 palavras | 15 páginas
  • Resumo - crise do fordismo
    4066 palavras | 17 páginas
  • A indústria nos tempos modernos: comparação dos modos de produção ontem e hoje
    1763 palavras | 8 páginas
  • Fordismo
    6166 palavras | 25 páginas
  • Resenha do texto da polarização das qualificações ao modelo de competência
    1013 palavras | 5 páginas
  • Fordismo, taylorismo e toyotismo
    1842 palavras | 8 páginas
  • ADMINISTRAÇÃO CONTEMPORÂNEA EM RELAÇÃO A TRADICIONAL
    1207 palavras | 5 páginas