A ergonomia no transporte coletico

3932 palavras 16 páginas
A ERGONOMIA DO TRANSPORTE COLETIVO URBANO.

Valdin Costa de Lima¹ Douglas Soares Augustinho²

RESUMO

O artigo trata de caracterizar as condições de trabalho e saúde dos motoristas de transporte coletivo urbano da cidade de João Pessoa, Paraíba, tendo como suporte principal as contribuições oriundas da Ergonomia. Foram realizadas observações do local de trabalho, das linhas e do comportamento do motorista durante o percurso na linha. Foram entrevistados 21 motoristas, ”ou seja”, 4,9% de 429 motoristas do quadro de funcionários e as falas serviram de recurso para a análise qualitativa organizada em categorias analíticas. Pôde-se concluir que a atividade de dirigir é desgastante, causa fadiga e sua eficácia está relacionada principalmente a fatores ambientais do local de trabalho e a forma como os motoristas lidam com esses fatores. Há a incidência de distúrbios orgânicos (dores na cabeça, nas pernas e problemas auditivos) e psíquicos (como estresse, irritabilidade e fadiga), que afetam não só a atividade de dirigir, mas também a vida social e coletiva desse profissional. Palavras-chave: Ergonomia. Motorista de Ônibus. Saúde do trabalhador. NR 17.

Introdução.

Com o intuito de propiciar uma melhoria na qualidade de vida do trabalhador, devido a evolução dos processos produtivos e o aumento de patalogias ocupacionais provenientes das

Relacionados

  • Ergonomia - transporte manual de cargas
    1226 palavras | 5 páginas
  • Nr 17 - ergonomia
    2880 palavras | 12 páginas
  • Ergonomia
    2206 palavras | 9 páginas
  • Ergonomia
    1882 palavras | 8 páginas
  • Ergonomia
    868 palavras | 4 páginas
  • ERGONOMIA
    1764 palavras | 8 páginas
  • Ergonomia
    3973 palavras | 16 páginas
  • Ergonomia
    1545 palavras | 7 páginas