A evolução a historiografia da África

849 palavras 4 páginas
Este capítulo referente a obra de J. D. Fage está voltado a informar sobre questões referentes a África ocidental, central, oriental e meridional, já que tanto os historiadores clássicos como os islâmicos medievais concordam em afirmar que em suas pesquisas, os achados a respeito desta região são limitados devido ao seu “isolamento”, e portanto, dificuldade de estabelecer contato com ela.
As primeiras informações a respeito da África possuem datação próxima ao surgimento da escrita. Historiadores do velho mundo mediterrâneo e os que faziam parte da relicião islâmica tomaram como referência para suas pesquisas e registros uma parte do mundo que compreendia uma considerável porção da África.
Até o século XVI, momento em que o Império
…exibir mais conteúdo…
Essa mentalidade resultava principalmente da junção de correntes de pensamentos provindas do renascimento, do iluminismo e da crescente revolução científica e industrial. Como resultado, os intelectuais europeus convenceram-se de que os objetivos, os conhecimentos, o poder e a riqueza de sua sociedade eram tão preponderantes que a civilização europeia deveria prevalecer sobre as demais. Um número

Relacionados

  • Desenvolvimento do trafico de escravos e a resistencia africana
    3960 palavras | 16 páginas
  • Caio Prado júnior e sua importancia
    1935 palavras | 8 páginas
  • A África na sala de aula: visita à história contemporânea.
    6094 palavras | 25 páginas
  • Por que estudar o continente Africano
    2830 palavras | 12 páginas
  • Idade Contemporanea
    859 palavras | 4 páginas
  • Filosofia africana
    2714 palavras | 11 páginas
  • Comentários da obra O Arcaísmo como Projeto
    4368 palavras | 18 páginas
  • descobrimento do brasil
    4057 palavras | 17 páginas
  • Geografia física: ciência humana?
    1491 palavras | 6 páginas
  • O conceito de raça no cenário brasileiro
    2695 palavras | 11 páginas