A física da flauta

1943 palavras 8 páginas
CENTRO EDUCACIONAL BATISTA DAS AMÉRICAS.

ISADORA LOUISE CAMPOS COUTO.

TRABALHO
DE
FÍSICA

MANAUS/AM
2013
CENTRO EDUCACIONAL BATISTA DAS AMÉRICAS.
TRABALHO
DE
FÍSICA

MANAUS/AM
2013
SUMÁRIO
1. INTRODUÇÃO;
2. METODOLOGIA;
3. RESULTADOS;
4. CONCLUSÃO;
5. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS.

INTRODUÇÃO
A flauta é um dos instrumentos musicais mais antigos que conhecemos, assemelhavam-se a apitos. Sabe-se que o homem de Neandertal já construía flautas a partir de madeira oca ou ossos de animais com furos. Arqueólogos encontraram instrumentos feitos de osso de mamute com 17 e 18 cm na caverna de Geibenklöuml, ao sul da Alemanha. Por isso, é bem provável que a flauta tenha entre 6.000 e 45.000 anos de idade.
Por esse motivo, não é possível determinar quem foi o criador do instrumento. O que sabemos é que o mesmo esteve presente em diversas civilizações. Egípcios e hebreus, por exemplo, faziam uso de flautas em festas, rituais religiosos e outras ocasiões especiais.
O usoda flauta pelos Egípcios, cujo nome era Nay, também conhecida como Nai, Nye, GagriTuiduk, ou KarghyTuiduk é o único instrumento de sopro utilizado na música Árabe. Ela é considerada um instrumento quase perfeito pelo fato de suas harmônicas se aproximarem muito das harmônicas da voz humana. Apesar disso sua construção é bastante simples.
Seu nome deriva da palavra Persa (Ney), que designa um tipo de Bambu encontrado na região mediterrânea.
O

Relacionados

  • Beneficios da atividade fisica
    2242 palavras | 9 páginas
  • História da Educacao Física
    1328 palavras | 6 páginas
  • conceitos das capacidades físicas
    1194 palavras | 5 páginas
  • Beneficios da atividade fisica
    804 palavras | 4 páginas
  • a fisica da derrapagem
    844 palavras | 4 páginas
  • Origem da educação fisica
    509 palavras | 3 páginas
  • Estudo da fisica
    4335 palavras | 18 páginas
  • os caminhos da fisica
    2153 palavras | 9 páginas
  • Evoluçao da fisica
    7904 palavras | 32 páginas
  • Física - Propriedades da Luz
    612 palavras | 3 páginas