A felicidade

1814 palavras 8 páginas
A Felicidade: estóicos e hedonistas
Todo mundo quer ser feliz. Isso é ponto pacífico. No entanto, o que é a felicidade? A resposta a essa questão é certamente matéria de muita discussão e controvérsia. Para uns a felicidade está na buscar do prazer. Para outros, o prazer tem como consequência a instabilidade, a dor e o sofrimento. Por isso, o ideal seria não dar asas às paixões e controlá-las.
Também há quem pense que a perfeita felicidade só se encontra numa vida futura, que deve existir após deixarmos este "vale de lágrimas". Para outros, ainda, não é a felicidade que conta, o que importa é agir conforme o dever, ainda que isso exija muito desgosto.
Essas questões - que qualquer pessoa sempre acaba se colocando algumas vezes, de um
…exibir mais conteúdo…
Você pode estar se perguntando é, de que forma tudo isto tem a ver com minha realidade presente e futura. E eu diria, tudo. Como cidadão, profissional, pai e responsável pela sua qualidade de vida ninguém está isento destas responsabilidades. Ter mais recursos não vai me deixar feliz porque posso almoçar duas vezes. Jantar três ou viajar o tempo todo de primeira classe, mas tudo isso sem um planeta ou sociedade em que viver, como perceberei que sou feliz? Diante da miséria de tantos, serei feliz sozinho?
O consumo tem limites que devem ser estabelecidos pelo nível de qualidade de vida que cada um pretende alcançar e preservar.
Morte
Que atitude deveremos ter em relação à nossa mortalidade?
Obviamente, isso depende do que julgamos que acontece quando morremos. Algumas pessoas acreditam que irão viver para sempre no paraíso. A morte, portanto, é como mudar para uma casa melhor. Se acreditamos nisto, devemos pensar que a morte é boa, pois ficaremos melhor depois de morrermos. Aparentemente, Sócrates tinha esta atitude, mas a maior parte das pessoas não a tem.
A morte pode ser, pelo contrário, o fim permanente da nossa existência. Se assim for, a nossa consciência extinguir-se-á e será o nosso fim. Assim, esta perspectiva acredita que se a nossa vida pudesse continuar, poderíamos desfrutar de todos

Relacionados

  • A felicidade
    1250 palavras | 5 páginas
  • A procura da felicidade resenha
    2214 palavras | 9 páginas
  • Felicidade clandestina
    4519 palavras | 19 páginas
  • A felicidade em santo agostinhos
    2091 palavras | 9 páginas
  • O que é a felicidade?
    1608 palavras | 7 páginas
  • Prazer, alegria e felicidade
    2019 palavras | 9 páginas
  • Resumo a procura da felicidade
    825 palavras | 4 páginas
  • Uma ética para a felicidade
    1418 palavras | 6 páginas
  • Conceito de Felicidade - Trabalho Acadêmico
    3420 palavras | 14 páginas
  • Felicidade de Epicuro aplicada a administração
    1497 palavras | 6 páginas