A história da loucura no brasil, a reforma psiquiátrica no brasil e a realidade da rede de saúde mental no amazonas

1891 palavras 8 páginas
ESMEZINDA SALES GUERREIRO

PSICOPATOLOGIA – A História da Loucura no Brasil, a Reforma psiquiátrica no Brasil e a Realidade da Rede de Saúde Mental no Amazonas.

Apresentação do trabalho de psicopatologia sobre a História da Loucura no Brasil, a Reforma psiquiátrica no Brasil e a Realidade da Rede de Saúde Mental no Amazonas, do Curso de Psicologia, como requisito para avaliação do 1º bimestre

Professora: Selma Cobra

Manaus / AM 2009

1. História da Loucura do Brasil

Desaparecida a lepra, apagado (ou quase) o leproso da memória, essas estruturas permanecerão.

Frequentemente nos mesmos locais, os jogos da exclusão serão retomados, estranhamente semelhantes aos primeiros, dois ou três séculos mais tarde. Pobres,
…exibir mais conteúdo…
Na literatura cita vários nomes, um exemplo é a Revolta da Chibata onde os revoltosos foram exilados pra outros lugares que para o governo servia como castigo, muitos ficaram presos em prisões subterrâneas e tidos como loucos e o líder dessa revolta, João Cândido foi internado como louco no hospital dos alienados. Como o Brasil não tinha como jogar os excluídos pra outros países, mandava para lugares longes como a Amazônia.

2. Reforma Psiquiátrica no Brasil

A história da psiquiatria no Brasil surge com a chegada da Família Real no Brasil para organizar uma sociedade desfragmentada e doente que não se enquadrava com as novas políticas do século IX. O manicômio vem com uma história triste de segregados, pessoas que não podiam responder pelos seus atos. Casas grandes onde eram colocadas pessoas para serem observadas e contidas com medicamentos que as deixavam em transe ou dormindo profundamente, tratadas com choques, vagando pelos corredores sem roupas e até mesmo sem seus familiares. Com essa realidade assustadora, começam a surgir movimentos

questionando e rompendo com essa realidade manicomial. Conforme cita a autora, na década de 60, com a unificação dos institutos de pensões e de aposentadoria, é criado o Instituto Nacional de Previdência Social (INPS). O Estado passa a comprar serviços psiquiátricos do setor privado e concilia pressões sociais com o interesse de lucro por parte dos empresários (AMADOR Salete). Dessa forma,

Relacionados

  • Historia daloucura
    7587 palavras | 31 páginas