A ilusão da segurança jurídica: do controle da violência a violência do controle penal

12075 palavras 49 páginas
A Ilusão da Segurança Jurídica: do controle da violência a violência do controle penal

Bibliografia
Andrade, V. R. (2003). A ilusão de segurança jurídica: do controle da violência à violência do controle penal. Porto Alegre: Livraria do Advogado.

Considerações Preliminares

O objetivo deste trabalho acerca da obra “A ilusão de segurança jurídica”, da autora Vera Regina, é dar inicio a uma imersão no universo da Ciência Penal. O resultado da análise será apresentado por meio de comentários referentes a cada tópico do livro, sendo considerado o conteúdo abordado na disciplina de Direito Penal - Teoria do Crime.

O método utilizado para a análise foi a seleção de trechos para serem comentados a partir da leitura do livro; sendo que, algumas citações literárias constantes do Livro foram preservadas.

O título do livro utiliza-se da ambivalência do controle à violência, que gera mais violência ao próprio controle. Esta linguagem é referida por Platão como pharmakon, termo originário a palavra phármaco (fármaco), possuindo duplo sentido ao poder de ser remédio ou veneno. Este paradoxo é explorado pela autora.

Capítulo I - O moderno saber penal
Consolidação da Dogmática Jurídico-Penal e sua relação primária com a Criminologia

1. Introdução
Este capítulo, a autora, tem como o objetivo central demonstrar a consolidação histórica da Dogmática Jurídico-Penal e sua relação com a Criminologia; a Autora cita que a consolidação do paradigma dogmático na Ciência Penal

Relacionados

  • Violências e dilemas do controle social nas sociedades da "modernidade tardia"
    801 palavras | 4 páginas
  • Controle da administracao publica
    4353 palavras | 18 páginas
  • Controle da velocidade do motor de corrente contínua
    2263 palavras | 10 páginas
  • metodos de controle dos mastigadores da soja
    3024 palavras | 13 páginas
  • DO ACOMPANHAMENTO, CONTROLE, FISCALIZAÇÃO E DA AVALIAÇÃO DOS RESULTADOS DA EXECUÇÃO DO PRONATER
    1385 palavras | 6 páginas
  • A ANTROPOLOGIA JURÍDICA E A VIOLÊNCIA ESTRUTURAL
    3762 palavras | 15 páginas
  • A violencia das leis
    378 palavras | 2 páginas
  • o exercício da subjetividade e a necessidade de controle do Estado
    339 palavras | 2 páginas