A importância da educação alimentar

7803 palavras 32 páginas
Educação alimentar

A importância da educação alimentar: o papel das escolas promotoras de saúde

ISABEL LOUREIRO

Este artigo aborda a situação do consumo alimentar em Portugal e apresenta resultados de vários estudos sobre as estratégias para influenciar os comportamentos alimentares, junto da população jovem, na escola. Aplicando os fundamentos teóricos da promoção da saúde à educação nas escolas e à gestão da rede das escolas promotoras de saúde, ilustra uma abordagem da educação alimentar coerente com esses fundamentos teóricos e sugere algumas orientações para promover uma alimentação saudável.

Introdução
Considerada um factor vital e uma fonte de prazer de partilha, a alimentação é muito mais do que apenas nutrientes: tem um significado muito próprio para cada pessoa e grupo, constituindo um traço de identidade. A alimentação é uma das principais determinantes da saúde e traduz as condições de vida de cada um, o contexto em que se move, a cultura que perfilha. Sendo um traço de identidade, é também o reflexo das pressões sociais.

Portugal tem uma tradição ligada à alimentação mediterrânica, reconhecida como protectora de muitas das doenças que constituem hoje o principal padrão de morbilidade e mortalidade no chamado mundo civilizado. Mas Portugal tem vindo a abandonar essa tradição e, com a aquisição de novos hábitos, a modificar também o seu padrão de saúde. Desde os anos 60 que em Portugal diminuiu o consumo de azeite e aumentou o consumo de óleos

Relacionados

  • O papel do nutricionista na educação alimentar saudável das escolas públicas
    2913 palavras | 12 páginas
  • Pirâmide Alimentar: uma metodologia do Ensino de Ciências
    2417 palavras | 10 páginas
  • Projeto pedagógico alimentação saudável se aprende na escola
    2566 palavras | 11 páginas
  • Projeto Horta Escolar
    3387 palavras | 14 páginas
  • Relatorio estagio nutriçao social
    2030 palavras | 9 páginas
  • Segurança alimentar no ambiente escolar
    2760 palavras | 12 páginas
  • OBESIDADE INFANTIL: GERAÇÃO FAST FOOD.
    1499 palavras | 6 páginas
  • Trabalho pnae
    870 palavras | 4 páginas
  • Educação nutricional - análise crítica
    2198 palavras | 9 páginas
  • Nutrição, obesidade e estética
    2718 palavras | 11 páginas