A importância do produtor jornalístico

17737 palavras 71 páginas
1. INTRODUÇÃO

A modernização dos veículos de comunicação proporcionou à notícia maior alcance territorial, exigindo dos profissionais midiáticos agilidade e disposição para atender a demanda. A fim de atingir o grande público, os jornais impressos passam a impor aos seus colaboradores horários para a entrega das matérias, estes pré-determinado pelas viações aéreas – responsáveis por parte da distribuição dos periódicos. Na busca pela garantia do emprego, dezenas de profissionais se desdobram para atingir os objetivos da empresa, e os seus textos passam a ser mais concisos com títulos breves.

Para atingir os ideais dos detentores dos veículos de comunicação, o jornalista transforma-se em um trabalhador multifuncional, onde exerce a função de vários colegas ao mesmo tempo, a exemplo do repórter que tinha que elaborar a pauta, escrever a matéria, diagramar, editar, corrigir o texto e ainda escolher as fotografias que ilustraria a notícia. Esse acarretamento de tarefas colocava a credibilidade da notícia em risco, pois a falta de tempo impossibilitava o repórter de verificar a veracidade da notícia ou ainda se aprofundar em determinado tema.

A maneira encontrada para suprir essa necessidade foi inserir dentro das redações jornalísticas um profissional em comunicação especializado na área de produção, que contribuísse não só para as tarefas desenvolvidas pelo repórter, mas também auxiliando os demais colegas da redação. O produtor

Relacionados

  • “Falando Sobre a Sociedade” do Howard S. Becker
    1490 palavras | 6 páginas
  • Modelo de uma boa pauta
    1513 palavras | 7 páginas
  • Construção de um lead jornalistico
    4472 palavras | 18 páginas
  • Relatório do estágio de regência
    3386 palavras | 14 páginas
  • Radiojornalismo Guia prático
    9631 palavras | 39 páginas
  • Roteiro Radiofonico
    2425 palavras | 10 páginas
  • As viagens na minha terra
    1654 palavras | 7 páginas
  • As marcas argumentativas em textos do gênero editorial
    3146 palavras | 13 páginas
  • FICHAMENTO DO LIVRO “RÁDIO – O VEÍCULO, A HISTÓRIA E A TÉCNICA” DE LUIZ ARTUR FERRARETO
    8536 palavras | 35 páginas
  • Fichamento - Rádio: o veículo, a história e a técnica, de Luiz Artur Ferraretto
    3141 palavras | 13 páginas