A importancia da filosofia na educação

11443 palavras 46 páginas
INTRODUÇÂO A filosofia, como todos os outros estudos, visa em primeiro lugar ao conhecimento. O conhecimento a que ela aspira é o tipo de conhecimento que dá unidade e sistematiza o corpo das ciências, e que resulta de um exame crítico dos fundamentos de nossas convicções, preconceitos e crenças. Se do passado ela procura a lógica, do futuro ela tece a estratégia.Mas num como no outro desses esforços ela pode formular, a cada momento, os seus problemas. E neles, e na argumentação com que os pensa encontrar a legitimação do seu trabalho. Legitimação que, de índole prática ou de matriz teórica, é sempre, no limite, auto legitimação. É nesta imanência, que é também a de um presente sempre precário, sempre insuficiente, que se joga o …exibir mais conteúdo…
Na última, a filosofia é requisitada à grade. Porém, o desafio repousa justamente em propor um ensino que forme um sujeito crítico, autônomo e ético por uma proposta paradoxal, cuja relação humanidade e trabalho não se completam mutuamente, tendo como pressuposto exatamente um sistema econômico que não visa o indivíduo, mas sim a produção. Em que ele não é sujeito, mas apenas objeto de realização.

Explicitar os contrastes da realidade ao aluno, por meio das intolerâncias, dos abusos e dos descasos e ao mesmo tempo lhe dizer que para uma existência digna é preciso associar-se ao sistema, é um papel que a filosofia não fará com tanta tranqüilidade, isto é, sem que se ponha em jogo a própria crítica como ato intrínseco à filosofia, ao menos para aqueles professores que reconhecem no sujeito o valor da ação em sociedade. Pois, ensinar filosofia sem filosofar e filosofar sem ensinar filosofia não é parte da Filosofia (APIS, 2004, P. 308). Mas então qual é a proposta do ensino filosófico que atende às Diretrizes de Base? Não há, por princípio, transferência de conhecimento, mas há a construção do conhecimento, e este se constrói pelo exercício da crítica pessoal dos limites e possibilidades que podem ser alcançadas ou transformadas pelo próprio aluno. Daí a necessidade de um plano de ensino da ética, como proposta pedagógica, que tenha como objetivo a formação de um conteúdo que faça o

Relacionados

  • FILOSOFIA NA EDUCAÇÃO E A FORMAÇÃO DE PROFESSORES
    1165 palavras | 5 páginas
  • Estética e sociedade - o bom e o belo
    1940 palavras | 8 páginas
  • filosofia
    799 palavras | 4 páginas
  • A importância de ensinar filosofia e sociologia no ensino médio
    2213 palavras | 9 páginas
  • Resumo crítico filosofia
    3285 palavras | 14 páginas
  • Principais definições de filosofia da educação
    1472 palavras | 6 páginas
  • Filosofia da educação romantica
    874 palavras | 4 páginas
  • Resumo crítico filosofia da educação
    1470 palavras | 6 páginas
  • Filosofia
    3653 palavras | 15 páginas