A importancia da mulher no ministerio de jesus

8013 palavras 33 páginas
INTRODUÇÃO

Este estudo tem por finalidade discutir a importância da mulher no ministério de Jesus. E demonstrar o valor que Jesus deu a cada uma delas. O objetivo desta pesquisa é demonstrar a valorização que Jesus deu as mulheres. Mediante pesquisas em livros, dicionários, artigos e principalmente os textos Bíblicos. Ao consultar o dicionário Bíblico Universal verifica-se que o lugar que as mulheres tomam no N.T. mostra o efeito igualador dum evangelho, no qual “não pode haver... nem homem nem mulher”. Serviam a Jesus e aos seus discípulos; participaram dos dons do Espírito Santo, no dia de Pentecostes. E foram preeminentes nalgumas das igrejas paulinas. Há uma interação da palavra mulher com os outros termos,
…exibir mais conteúdo…

De acordo com Jeremias (1983) Do ponto de vista religioso a mulher não é igual ao homem. Ela era valorizada pela sua fecundidade. A visão de Hamilton (2004), não é diferente dos demais para ele hoje os ensinamentos sobre as mulheres e o tratamento para com elas têm sido muito parecidos aos dos filósofos gregos e romanos, estabelecendo padrões desiguais. Weiler (1993) a um longo caminho a ser percorrido para efetiva libertação da mulher.

CAPITULO II
Panorama Histórico do Estado da Mulher O presente trabalho tem por finalidade explanar o valor e o reconhecimento que Jesus, deu às mulheres durante seu ministério aqui na terra. Numa época em que elas nem seguer eram contadas, é o que comprova a conhecida expressão “sem contar as mulheres e crianças”. (EX12. 37; Mt14. 21 e 15.18). Ele as valorizou num momento em que isto seria impensável. “Pela primeira vez, a força da alma feminina era reconhecida e respeitada”. Assumpção (2008). A discriminação da mulher no NT tem um forte componente cultural, como quaisquer outras modalidades de discriminações. Ela está relacionada não somente ao ser da mulher, mas também ao seu espaço na vida social e religiosa na história do povo judeu. A mesma não participava da vida pública, limitando-se às atividades domésticas, elas viviam à margem da sociedade, era proibido sua presença na Sinagoga entre os homens; elas deviam ficar em lugares separados, segundo Jeremias, (1983

Relacionados

  • A liderança das mulheres cristãs
    5494 palavras | 22 páginas
  • Exegese bodas caná
    11614 palavras | 47 páginas
  • JESUS: UM MODELO DE LIDERANÇA INCLUSIVA
    9150 palavras | 37 páginas
  • HERMEN UTICA
    1536 palavras | 7 páginas
  • Líders
    2742 palavras | 11 páginas
  • O DESTINO DO HOMEM E DO MUNDO
    7234 palavras | 29 páginas
  • Saindo do natural para o sobrenatural
    5618 palavras | 23 páginas
  • 109513320 APOSTILA DE LIBERTACAO Office 2003
    10318 palavras | 42 páginas