A linguagem do realismo

918 palavras 4 páginas
A linguagem do Realismo, do naturalismo e do parnasianismo foram influenciadas por muitas teorias tanto quanto filosóficas e científicas. Eles queriam mostrar o homem com a sociedade juntos, diferente do romantismo que mostrava a vida idealizada. Precisava-se mostrar as coisas ruins que acontecem de verdade, assim como o casamento por interesse, traições, egoísmo e outras falhas que só as pessoas conseguem cometer.
No século XIX, o realismo teve ínicio quando “Madame Bovary” (1857) foi publicada. Também entre outras “Thérèse Raquin” e “Parnasse Contemporain” (1866).
Enfim esse estilo de literatura tem ao combate contra ao Romantismo, querendo ter histórias mais objetivas e gosto por descrições.
Naturalismo é como um realismo
…exibir mais conteúdo…

Mais uma vez ao contrário do Romantismo, em que o amor é puro e acima de qualquer coisa, e o casamento é o maior objetivo do amor entre os personagens, o auge. O herói no realismo é problemático, cheio de fraqueza e incertezas e no Romantismo o herói é perfeito.
Duas obras importantes Naturalistas são “Germinal” e “O Cortiço”. No romance Germinal retrata-se sobre péssimas condições de trabalho dos mineiros franceses no século XIX. Na época ainda não existia leis para direitos dos trabalhadores. Ettiene o personagem principal começa um movimento grevista logo após.
O Cortiço trata-se sobre um lugar do Rio de Janeiro que as pessoas pobres moram, obra de Aluísio de Azevedo, a obra naturalista mais importante da nossa literatura.
No século XIX o Realismo, Naturalismo e Parnasianismo iam contra o Romantismo, como citado anteriormente.
Naturalismo tem uma linguagem simples, clareza, equilíbrio nas composições. Assim como contém impessoalidade, presença de palavras regionais, descrição e narrativa lentas. Determinismo, objetivo científico, despreocupação com a moral, observação de análise da realidade e objetivo científico são também características do Naturalismo.
Ambos Realismo e Naturalismo tiveram a finalidade de colocar a realidade, e o Parnasianismo teve outra perspectiva.
Séculos de tradição de poesia romântica foram rompidos para criar um novo estilo de

Relacionados

  • Realismo em portugal e no brasil
    957 palavras | 4 páginas
  • Mente, Linguagem e Sociedade
    4488 palavras | 18 páginas
  • O Realismo Psicológico de Machado de Assis
    892 palavras | 4 páginas
  • Realismo, naturalismo e simbolismo
    3818 palavras | 16 páginas
  • Trabalho de Portugues romantismo e realismo
    2397 palavras | 10 páginas
  • Realismo no brasil e portugal
    1268 palavras | 6 páginas
  • neoclassicismo,romantismo e relismo
    1727 palavras | 7 páginas
  • O Realismo-Naturalismo Português nas obras de Eça de Queirós.
    1214 palavras | 5 páginas
  • Realismo e naturalismo em portugal e no brasil
    1500 palavras | 6 páginas
  • Realismo e naturalismo no brasil
    1205 palavras | 5 páginas