A marcha das vadias

3599 palavras 15 páginas
A Marcha das Vadias

A Marcha das Vadias é um movimento internacional de mulheres criado em abril de 2011 na cidade de Toronto, no Canadá, em resposta ao comentário de um policial que disse que, para evitar estupros no campus, as mulheres deveriam parar de se vestir como “sluts” (vadias, em português). Assim, teve início a SlutWalk, em que mais de 3 mil mulheres canadenses foram às ruas para protestar contra o discurso de culpa das vítimas de violência sexual e de qualquer outro tipo de violência contra as mulheres. A partir daí, diversas manifestações semelhantes (SlutWalk, Marcha de las Putas, Marcha das Vadias) ocorreram em mais de 30 cidades, em diversos países – como Costa Rica, Honduras, México, Nicarágua, Suécia, Nova Zelândia, Inglaterra, Israel, Estados Unidos, Argentina e Brasil. Apropriaram desse nome porque “vadia” é uma palavra dirigida às mulheres diante de qualquer atitude de liberdade, sobretudo sexual e têm como lema: “Se ser livre é ser vadia, somos todas vadias”. Todas essas mulheres marcham por seu direito de ir e vir, seu direito de se relacionar com quem e da forma que desejarem e seu direito de se vestir da maneira que lhes convier sem a ameaça do estupro, sem a responsabilização da vítima e sem sofrer nenhum tipo de humilhação, repressão ou violência. A motivação principal da Marcha das Vadias é a situação, compartilhada por mulheres de todo o mundo, de cerceamento da liberdade e da autonomia, de medo de sofrer violência e

Relacionados

  • Marcha das vadias
    831 palavras | 4 páginas
  • Projeto de Pesquisa: Um Olhar sobre os Movimentos sociais Brasileiros contemporâneos.
    2412 palavras | 10 páginas
  • TRABALHO
    875 palavras | 4 páginas
  • Pontos Negativos do Marco Civil da Internet
    1360 palavras | 6 páginas
  • enem 2014 simulado 1º dia
    15887 palavras | 64 páginas
  • contos curtos
    16162 palavras | 65 páginas