A micologia em estudos forenses

1321 palavras 6 páginas
A micologia em estudos forenses
Apesar dos fungos serem comuns no ambiente considerando sua grande diversidade no mundo (cerca de 1,5 milhões segundo Hawksworth, 1991), o seu uso na ciência forense tem sido menos relevante que as plantas. Talvez pela falta de mais estudos nessa área e também por existirem regiões pouco estudadas como áreas de restinga, caatinga, desertos, trópicos dentre outros, ainda existem muitas espécies de fungos não identificadas (SILVA; MINTER, 1995).
Um dos primeiros trabalhos publicados sobre micologia forense foi de Hawksworth e Wiltshire (2011) e se baseiam nas informações disponíveis na literatura.
As aplicações dos fungos na micologia forense incluem papéis em: fornecer evidências residuais; estimar o tempo desde a morte; determinar o tempo de deposição; investigar a causa da morte seja por intoxicações ou alucinações; localizar cadáveres enterrados (HAWKSWORTH, 2011).
A micologia forense é um estudo recente e devido a várias espécies encontradas no ambiente despontou como uma nova área de investigação a serviço da ciência forense. Os grupos de fungos que foram identificadas no processo de degradação orgânica são: nos Zygomicetos, por exemplo, já foi identificada a espécie Rophalomyces strangulatus; nos Basidiomicetos, exemplos, Hebeloma vinosophllum, Laccaria amethystine e nos Ascomicetos, exemplos, Ascobolus denudatus, Coprinus neolagopus (CARTER; TIBBETT, 2003).
Dessa forma, a presença dessas espécies de fungos em associação

Relacionados

  • Estudo dirigido micologia básica
    1943 palavras | 8 páginas
  • relatorio micologia
    2767 palavras | 12 páginas
  • Estudo de caso em psiquiatria
    1935 palavras | 8 páginas
  • Estudo sobre homeopatia em viciados em crack
    888 palavras | 4 páginas
  • TEC EM RADIOLOGIA - ESTUDO DIRIGIDO
    919 palavras | 4 páginas
  • Extração de dados em smartphone android visando a perícia forense
    6958 palavras | 28 páginas
  • estudo de casos em homeopatia
    1047 palavras | 5 páginas
  • A hegemonia americana em estudos organizacionais
    6098 palavras | 25 páginas
  • o estudo psicossocial Forense
    8886 palavras | 36 páginas