A objetividade das ciências sociais - weber

1768 palavras 8 páginas
Por: Bruno Mendes Cavalcante

Tema 6- “A Objetividade das Ciências Sociais”

A Sociedade moderna foi marcada por inúmeras transformações que impactaram no modo de vida e nas relações dos indivíduos. A Revolução Industrial, a Revolução Protestante, a reorganização do trabalho foram alvo de diversos estudos de vários pensadores, estudos que tomaram pontos de partida e conclusões distintas, provocando discussões e embates que seguem até os dias atuais. Foi nessa Europa de revoluções que viveram Marx, Durkheim e Weber, em uma época de revoluções ideológicas que contestaram o Antigo Regime, sob golpes do industrialismo e da democracia revolucionária, novas idéias que se materializaram em palavras como democracia,
…exibir mais conteúdo…
A partir desse instante Weber volta suas atenções as diferentes forma em que se desenvolveu o capitalismo, e percebe que sempre, onde ele foi encontrado de forma mais evoluída e desenvolvida, era em sociedades protestantes. Começa então a estudar as causas que fizeram isso ocorrer e destaca diferenças entre o Protestantismo e outras religiões, buscando entender como isso se deu. Podemos passar então a analisar suas perspectivas de diferenças na atuação educacional das diversas religiões. Weber afirmou que não tinha a intenção de produzir uma tipologia sociológica dos fins e meios pedagógicos, mas, apenas, pretendia fazer algumas observações sobre o tema. Historicamente destacam-se dois pólos opostos na finalidade da educação: o primeiro despertar o carisma, ou seja, qualidades heróicas e dons mágicos, que corresponde à estrutura carismática do domínio, o segundo visa transmitir o conhecimento específico, especializado, que corresponde à estrutura moderna de domínio, especializado, racional e burocratizado. Além desses dois tipos de educação Weber mencionou outro tipo que tem como finalidade o preparo de uma conduta do homem culto do estamento concernente, foram estes os três

Relacionados

  • Objetividade e subjetividade nas ciências jurídicas e sociais: durkheim e weber
    4974 palavras | 20 páginas
  • Síntese sobre informações de metodologia e epistemologia na sociologia de èmile durkheim e max weber baseadas na tese de fábio luiz búrigo e josé carlos da silva
    2271 palavras | 10 páginas
  • Max Weber: Ciência e valores- resumo
    1544 palavras | 7 páginas
  • Resenha max weber
    1568 palavras | 7 páginas
  • Conceitos de anomia,racionalização e alienação
    3725 palavras | 15 páginas
  • O mito da neutralidade científica
    3972 palavras | 16 páginas
  • Os princípios do cientificismo e sua influência sobre as ciências sociais
    3567 palavras | 15 páginas
  • Sociologia alemã: a contribuição de max weber
    1782 palavras | 8 páginas
  • Trabalho recuperação, do 1º ano do 2º grau, de sociologia
    4946 palavras | 20 páginas
  • Objetividade e identidade na analise da vida social
    2020 palavras | 9 páginas