A organização do trabalho antes e depois da revolução industrial - aspectos pré e pós taylor

1201 palavras 5 páginas
Em vários períodos da história, várias civilizações e muitos pensadores estudavam e implantavam métodos de administração e organização do trabalho, como os Egípcios que, para construir as Pirâmides, precisaram se planejar, organizar e controlar. Eles reconheceram o valor do planejamento das atividades, o uso de uma pessoa que comandasse os demais trabalhadores, como um conselheiro, o princípio de organização em grupos, com divisão de atividades e responsabilidade e a técnica de descrição das tarefas de cada elemento do grupo. Os Babilônios usaram o controle estrito, onde criaram o Código de Hamurabi, que continha leis que orientaram o povo no princípio do trabalho e instituiu a paga mínima. Os Hebreus, onde Moisés, na Bíblia, utiliza uma …exibir mais conteúdo…
As inovações de Taylor ajudaram o capitalismo à superar o desaquecimento do consumismo iniciado após a revolução industrial. Faturando menos, os empresários tiveram que conter os altos custos de produção. O jeito foi tentar fazer os trabalhadores produzirem mais usando os mesmo recursos de sempre. A diminuição do desperdício de tempo nas empresas garantiu anos de ouro para o capitalismo e Taylor foi considerado o primeiro grande “guru” da administração de

Relacionados

  • Revolução industrial
    2364 palavras | 10 páginas
  • Revoluçao industrial vs Segurança do trabalho
    14743 palavras | 59 páginas
  • Taylor
    10089 palavras | 41 páginas
  • A saúde e os processos de trabalho no capitalismo
    6482 palavras | 26 páginas
  • Administração científica de taylor e a gestão moderna
    6083 palavras | 25 páginas
  • Resenha do livro “sociedade pós-capitalista”
    8898 palavras | 36 páginas
  • TGA - Pilares da Administação
    18357 palavras | 74 páginas
  • Fichamento do texto Globalização e Desenvolvimento Fernando Alcoforado
    4642 palavras | 19 páginas
  • Modos de produção
    8931 palavras | 36 páginas
  • indonesia
    10020 palavras | 41 páginas