A origem da Confeitaria no Brasil

1192 palavras 5 páginas
A origem da Confeitaria no Brasil No Brasil, a confeitaria nacional se desenvolveu a partir das receitas conventuais portuguesas, que aos poucos foram adaptadas aos nossos ingredientes e clima. Pode-se dizer que a história da confeitaria brasileira é como a história do próprio povo brasileiro, marcada pela miscigenação. As receitas vinham de Portugal, muitas vezes com influências italianas e francesas e aqui sofriam mudanças. Mudanças que produziram uma riqueza de paladar que não seria possível sem as índias, essas sim as primeiras cozinheiras do Brasil, ou as escravas africanas. A farinha, que era um ingrediente escasso, era substituída pela massa de mandioca e as amêndoas pelo coco, apontando já a grande influência africana da nossa culinária. Com o tempo, começaram a surgir receitas novas e originalmente brasileiras, como o quindim-de-iaiá, a cocada, os bolos de mandioca e as broas de milho. Muitas receitas foram desenvolvidas pelas ricas famílias nordestinas, que serviam seus bolos e doces como uma afirmação de status social, para maravilhar os convidados e, por isso, eram secretas, passadas de geração em geração.
Origem e definição de merengue
Conhecida também como suspiro, a receita foi inventada por um suíço, o pasteleiro Gasparini, no início do século 18 e acabou ganhando uma versão francesa e outra italiana. Veja as três maneiras de preparar o clássico merengue:
Merengues: francês, italiano e suíço quais suas diferenças?
Estava eu procurando receitas de

Relacionados

  • confeitaria no brasil
    1434 palavras | 6 páginas
  • Tcc de gastronomia
    1793 palavras | 8 páginas
  • Confeiteiro Noções básicas de confeitaria
    4826 palavras | 20 páginas
  • Atps de econômia
    6681 palavras | 27 páginas
  • TCC tecnologia em gastronomia
    8963 palavras | 36 páginas
  • Acidulantes
    2412 palavras | 10 páginas
  • adddddddddddddf
    1797 palavras | 8 páginas
  • Vilma alimentos
    1314 palavras | 6 páginas
  • A história do mousse
    887 palavras | 4 páginas
  • A história do chef de cozinha
    8329 palavras | 34 páginas