A passagem da luz do ar para água e vice versa

3036 palavras 13 páginas
Introdução
O ar não é o único meio transparente que permite a propagação regular da luz, há também muitos outros como a água, o vidro, a glicerina, o diamante etc. É natural que a luz se comporte de maneira diferente quando ela se propaga nesses meios, principalmente no que diz respeito à sua velocidade de propagação.
O fenômeno da refração ocorre quando a luz faz a sua passagem de um meio transparente para outro meio transparente diferente. As consequências dessa passagem são a mudança da velocidade de propagação da luz e, nas incidências oblíquas, um desvio na sua trajetória.
Essa mudança na trajetória da luz durante a refração é responsável por diversos fenômenos interessantes, como por exemplo, o fato de, quando olhamos para o fundo de
…exibir mais conteúdo…
Abaixo apresentamos algumas tabelas de índices de refração para diversas substâncias.

Leis de refração O fenômeno da refração é regido por duas leis. São leis análogas às leis da reflexão. Estaremos tratando, ao enunciarmos essas leis para a refração, de um raio luminoso que incide sobre uma superfície a qual estabelece a separação entre dois meios. Um meio material será designado por meio (1), enquanto o outro meio será designado por meio (2). O índice de refração do meio (1) designaremos por n1 enquanto o índice de refração do meio (2) designaremos por n2.

Os meios (1) e (2) podem ser pensados como o ar (meio (1)) e a água (meio (2)) ou com o ar (meio (1)) e o vidro (meio (2)).

A luz incide no meio (1) de tal forma que o raio de luz incidente forma um ângulo com a normal (N) à superfície (S) no ponto de incidência. Este raio é refratado formando um ângulo com a normal (N) à superfície no ponto de incidência.

A primeira lei de refração estabelece que o raio incidente, o raio refratado e a normal pertencem a um mesmo plano. Dito de outra forma: O plano de incidência e o plano da luz refratada coincidem. A segunda lei estabelece uma relação entre os ângulos de incidência, de refração e os índices de refração dos meios. Tal relação é conhecida como Lei de Snell-Descartes e seu enunciado é: Numa refração, o produto do índice de refração do meio no qual ele se propaga pelo seno do ângulo que o raio luminoso faz com a normal é

Relacionados

  • Relatório de fenomenos fisicos e quimicos
    2487 palavras | 10 páginas
  • Propriedades Gerais
    2671 palavras | 11 páginas
  • fisioterapia pneumofuncional
    3678 palavras | 15 páginas
  • Relatorio optica
    2275 palavras | 10 páginas
  • Habitacao 67 moshe safdie teorico
    1941 palavras | 8 páginas
  • Fisica
    2641 palavras | 11 páginas
  • Conversão
    2680 palavras | 11 páginas
  • Forças intermoleculares
    3427 palavras | 14 páginas
  • Ondas e Otica
    3822 palavras | 16 páginas