A peça os adelfos

2890 palavras 12 páginas
INTRODUÇÃO

Este trabalho consiste numa análise da peça “Os adelfos”, do autor Terêncio, cujo objetivo é tecer reflexões acerca das pistas de personalidade que estão a todo tempo sobressalentes na peça dos irmãos Micião e Dêmea, personagens principais. Para isso, serão apresentadas algumas considerações sobre o autor Terêncio, seguindo-se com a explicitação detalhada do enredo, que englobará os aspectos tema, prólogo, estruturação da peça, personagens e suas principais características.
Procurar-se-á traçar um paralelo entre as personalidades dos irmãos, destacando-se, de forma geral, os impasses conseqüentes dessas personalidades e, de forma específica, as tensões que se originam das diferentes óticas acerca da questão de como educar um filho. Ao lado dessas verificações, serão consideradas ainda as relações estabelecidas de Micião e Dêmea com outros personagens, os discursos que caracterizam as identidades dos irmãos e, por fim, como se dá a busca da superação dos impasses sofridos.
A fim de se atingir os objetivos propostos, a abordagem será justificada no âmbito da semiótica de linha francesa (difundida através dos estudos de Greimas e seus colaboradores da Escola Semiótica de Paris), uma vez que, pautando-se a análise na focalização de valores assumidos pelos personagens e atualizados em seus discursos, o método semiótico permite reconhecer as categorias sêmicas operadas no texto, e, a partir da cadeia de significantes que emerge, se chegar a possíveis

Relacionados

  • peça
    1035 palavras | 5 páginas
  • Peça penal
    3801 palavras | 16 páginas
  • Peça
    1223 palavras | 5 páginas
  • Peça
    419 palavras | 2 páginas
  • Pécas
    2398 palavras | 10 páginas
  • peças
    2142 palavras | 9 páginas
  • PEÇA
    863 palavras | 4 páginas
  • Os Miseráveis - Peça Teatral
    7152 palavras | 29 páginas