A politica Ambiental do Brasil ontem e hoje

2385 palavras 10 páginas
A política ambiental do Brasil ontem e hoje voltar Liszt Vieira e Renato Cader
Presidente do Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro, Doutor em Sociologia pelo IUPERJ e Gestor Governamental do Ministério do Planejamento, Programa de Doutorado em Ambiente e Sociedade da UNICAMP, respectivamente Na década de trinta o Brasil inicia um período de consolidação de investimentos públicos e privados em grandes obras de infra-estrutura. Nessa época não se falava em desenvolvimento sustentável, porém, já havia uma vertente de política ambiental orientada apenas para preservação. Existia um movimento de políticos, jornalistas e cientistas que se organizavam para discutir políticas de proteção ao patrimônio natural Esses grupos contribuíram para elaboração do primeiro Código Florestal Brasileiro em 1934 – instituído pelo Decreto 23793/1934 – onde eram definidas bases para proteção dos ecossistemas florestais e para regulação da exploração dos recursos madeireiros.
O Código Florestal contribuiu para a criação do primeiro Parque Nacional brasileiro em 1937, o Parque Nacional de Itatiaia, e dois anos depois foram criados os Parques Nacionais de Iguaçu e da Serra dos Órgãos. Porém, nos vinte anos seguintes nenhum outro parque foi criado. A política ambiental preservacionista dos anos 30 foi colocada em segundo plano nas décadas de 40 e 50, quando foram concentrados esforços na industrialização e no desenvolvimento acelerado.
Nessa década de 60, a preocupação

Relacionados

  • O papel do administrador no mercado de trabalho
    4356 palavras | 18 páginas
  • ONG CEMPRE - Compromisso empresarial de reciclagem
    1736 palavras | 7 páginas
  • Apa de santa rita
    4184 palavras | 17 páginas
  • Trabalho logistica empresarial
    1454 palavras | 6 páginas
  • Area antropizada
    2598 palavras | 11 páginas
  • Oficina de Redação do ENEM
    2780 palavras | 12 páginas
  • Intervenções urbanas
    2685 palavras | 11 páginas
  • CONFERÊNCIA SOBRE ARBITRAGEM NA TUTELA DOS INTERESSES DIFUSOS E COLETIVOS
    9673 palavras | 39 páginas
  • transporte
    2187 palavras | 9 páginas
  • Geografia espaço e vivência
    4877 palavras | 20 páginas