A produção científica sobre psicomotricidade e seus reflexos no cotidiano de pré-escolas

1932 palavras 8 páginas
1

A PRODUÇÃO CIENTÍFICA SOBRE PSICOMOTRICIDADE E SEUS REFLEXOS NO COTIDIANO DE PRÉ-ESCOLAS. José Tiago Cardoso1 Esta pesquisa, de Iniciação Científica, foi realizada durante o curso de graduação em Psicologia na Unesp – Assis/SP, no período entre agosto/2003 e dezembro/2004, sendo financiada com bolsa PIBIC/CNPq sob orientação do Prof. Dr. Carlos da Fonseca Brandão. Por meio deste trabalho, buscamos investigar como a produção científica sobre psicomotricidade/movimento se reflete nas práticas pedagógicas de professores de educação infantil, que trabalham com crianças de 4 a 6 anos, em instituições públicas e privadas de Assis/SP. Para tanto, foram levantados e analisados artigos publicados pela Revista Brasileira de Ciências do Esporte (RBCE), no período entre 1990 e o ano de 2003, a fim de verificar a adoção ou não de conceitos e práticas detectadas em tal produção por parte desses professores. Desse modo, este trabalho foi desenvolvido a partir da relação da produção acadêmica, no campo da Educação Física, acerca de temas relacionados à educação infantil como: legislação, desenvolvimento e as práticas dos professores. Nesta perspectiva, o trabalho estruturou-se em dois momentos: o primeiro de caráter teórico, mediante uma pesquisa bibliográfica sobre os temas: psicomotricidade/movimento e educação infantil, que foram fundamentais para a construção dos eixos temáticos baseados no referencial teórico e, em seguida, foi realizado o levantamento e análise dos artigos da

Relacionados

  • A PRÁTICA DA DANÇA COMO MEIO DE INTERVENÇÃO NO DESEMPENHO DA ORIENTAÇÃO TEMPORAL
    19050 palavras | 77 páginas
  • Historia da educação fisica no brasil fase social e popular
    6108 palavras | 25 páginas
  • As contribuições da educação física no desenvolvimento sócio-afetivo, cognitivo e psicomotor de crianças do ensino infantil
    15278 palavras | 62 páginas
  • Demência de alzheimer
    8983 palavras | 36 páginas
  • A roda de conversas como possibilidade para desenvolver o pensamento crítico em crianças na educação infantil
    11815 palavras | 48 páginas