A psicogenese da lingua escrita

2548 palavras 11 páginas
A partir dos estudos de Emilia Ferreiro e Ana Teberosky, a língua escrita deixa de ser encarada como mera apropriação de um código ou como meros atos de codificação e decodificação de palavras, sílabas e letras, passando a ser concebida como sistema de representação. Estes estudos evidenciam o caminho que as crianças percorrem no aprendizado da língua, definido por elas de psicogênese ou gênese (origem, geração) do conhecimento da escrita. Tais estudos foram baseados na epistemologia genética de Jean Piaget.
A Psicogênese da Língua Escrita é uma abordagem psicológica de como a criança se apropria da língua escrita e não um método de ensino. Portanto, cabe aos profissionais da educação, fazer a transposição desta abordagem para a sala de
…exibir mais conteúdo…
Para a Teoria da Psicogênese, toda criança passa por níveis estruturais da linguagem escrita até que se aproprie da complexidade do sistema alfabético. São eles: o pré-silábico, o silábico, que se divide em silábico-alfabético, e o alfabético Tais níveis são caracterizados por esquemas conceituais que não são simples reproduções das informações recebidas do meio, ao contrário, são processos construtivos onde a criança leva em conta parte da informação recebida e introduz sempre algo subjetivo. É importante salientar que a passagem de um nível para o outro é gradual e depende muito das intervenções feitas pelo/a professor/a.
Os níveis de escrita, segundo a Psicogênese da Língua Escrita:
ESCRITA PRÉ-SILÁBICA: o/a alfabetizando/a não compreende a natureza do nosso sistema alfabético, no qual a grafia representa sons, e não idéias, como nos sistemas ideográficos (como, por exemplo, a escrita chinesa).
Nesta fase, ele/a representa a escrita através das seguintes hipóteses:
• REPRESENTAÇÃO ICÔNICA: expressa seu pensamento através de desenhos, não tendo a noção de escrita no sentido propriamente dito. Escrever é a mesma coisa que desenhar.
• REPRESENTAÇÃO NÃO ICÔNICA: Além do desenho, expressa seu pensamento através de garatuja ou rabiscos (representação não icônica); aqui, a criança inicia o conceito de

Relacionados

  • projeto leitura rupi e a história da escrita
    1332 palavras | 6 páginas
  • Resenha critica psicogenese da lingua escrita
    1495 palavras | 6 páginas
  • Psicogenese da pessoa completa de wallon
    1489 palavras | 6 páginas
  • o processo da escrita
    1723 palavras | 7 páginas
  • Questionario sobre lingua e falada e escrita
    821 palavras | 4 páginas
  • : Psicogênese da linguagem oral e escrita
    10816 palavras | 44 páginas
  • História da Escrita
    1335 palavras | 6 páginas
  • A natureza da linguagem escrita
    801 palavras | 4 páginas
  • A origem da lingua inglesa
    1597 palavras | 7 páginas
  • Alfabetizar letrando: uma proposta de aprendizagem da língua escrita
    5977 palavras | 24 páginas