A psicologia jurídica e a atuação do psicólogo no campo jurídico

2006 palavras 9 páginas
SUMÁRIO

Capítulo 1 – Breve Histórico ................................. pág. 2
Capítulo 2 – A Psicologia Jurídica ........................ pág. 3
Capítulo 3 – O psicólogo no campo jurídico ........ pág. 4
Capítulo 4 – Considerações Finais ........................ pág. 6
Bibliografia ............................................................. pág. 6

A psicologia jurídica e a atuação do psicólogo no campo jurídico por Aline Soares Santos, Ana Carolina Ribeiro Gomes,
Bruna Rafaela Alves da Silva, Gabriela Fortunato da Costa,
Glauco Moreira Beraldo e Isabela Guimarães da Gama Leite
“A relação entre os saberes construídos pela Psicologia, o Direito e as práticas judiciárias é muito antiga, mas ainda pouco conhecida no Brasil. A
…exibir mais conteúdo…
2011 A análise de seu histórico se mostra importante para o estudo da Psicologia Jurídica, pois mostra como as sociedades ao redor do mundo foram percebendo com o passar do tempo a importância do conhecimento do ser e de sua mente para o exercício do Direito, a retrospectiva também nos apresenta, de forma sucinta, em quais áreas tal corrente psicológica já esteve para que então possamos entender a sua situação atual.
Como pode ser evidenciado, o Direito e a Psicologia se aproximaram em razão da preocupação com a conduta humana. O momento histórico pelo qual a Psicologia passou fez com que, inicialmente, essa aproximação se desse por meio da realização de psicodiagnósticos, dos quais as instituições judiciárias passaram a se ocupar. Contudo, outras formas de atuação além da avaliação psicológica ganharam força, entre elas a implantação de medidas de proteção e socioeducativas e o encaminhamento e acompanhamento de crianças e/ou adolescentes. Observa-se que a avaliação psicológica ainda é a principal demanda dos operadores do Direito.
LAGO, Vivian de Medeiros; AMATO, Paloma; TEIXEIRA, Patrícia Alves; ROVINSKI, Sonia L. Reichert; BANDEIRA, Denise Ruschel. Um breve histórico da psicologia jurídica no Brasil e seus campos de atuação. Disponível em: http://migre.me/554yv. Acesso em: 1º jun. 2011
Capítulo 2 – A Psicologia Jurídica Depois de revisto todo seu histórico, para que seja possível entender com maior clareza o conceito de Psicologia Jurídica, suas

Relacionados

  • DIREITO E PSICOLOGIA: UM ENCONTRO POSSÍVEL
    3805 palavras | 16 páginas
  • resumo psicologia jurídica no brasil e na América latina
    1364 palavras | 6 páginas
  • ATIVIDADE ESTRUTURADA
    1571 palavras | 7 páginas
  • Relação da psicologia com o direito
    2119 palavras | 9 páginas
  • A interdisciplinaridade do direito, serviço social e da psicologia no ambito da defensoria pública
    3853 palavras | 16 páginas
  • Resenha do capítulo Pensando a psicologia aplicada à Justiça do livro “Psicologia Jurídica no Brasil”
    769 palavras | 4 páginas
  • Áreas de atuação do psicólogo forense
    2413 palavras | 10 páginas
  • A psicologia e sua importância para o direito
    2261 palavras | 10 páginas