A questão da Moradia no Brasil e A qualidade de vida das populações das grandes cidades

1275 palavras 6 páginas
A questão da moradia no Brasil

Dentre vários problemas como a violência e a corrupção na política, o Brasil enfrenta um problema grave que estende há anos, mas que tem sido esquecido: o número de indivíduos sem moradia digna.

Moradia digna não é apenas ter uma casa para morar. A população também deve contar com infra-estrutura básica (água, esgoto e coleta de lixo) para ter habitação de qualidade – que é um dos componentes do padrão de vida “digno”. No entanto, de acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), em 2000, eram aproximadamente 41,8 milhões de pessoas carentes desses serviços em casa. E ainda, quase dois milhões de domicílios localizavam-se nas favelas.
A renda é a principal causa das desigualdades
…exibir mais conteúdo…
SP - Trânsito intenso na Av. Vinte e Três de Maio, por volta das 17h30min.

Uma pesquisa do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) foi a fundo para saber que tipo de pane as grandes cidades provocam no cérebro de quem habita esse cenário. Batizado de São Paulo Megacity, o estudo foi

Relacionados

  • RESUMO PARTE 2 - MORTE E VIDA DAS GRANDES CIDADES - JANE JACOBS
    1405 palavras | 6 páginas
  • Os transportes, as comunicações e a qualidade de vida da população
    1528 palavras | 7 páginas
  • Morte e vida das grandes cidades norte-americanas - resumo
    1077 palavras | 5 páginas
  • Introdução morte e vida das grandes cidades
    9313 palavras | 38 páginas
  • RESENHA MORTE E VIDA DAS GRANDES CIDADES DE JANES JACOBS
    803 palavras | 4 páginas
  • Promoção da saúde e qualidade de vida
    811 palavras | 4 páginas
  • ESTRUTURA E QUALIDADE DE VIDA DA POPULAÇÃO BRASILEIRA
    1043 palavras | 5 páginas
  • Condições socioeconômicas e qualidade de vida das populações humanas das diferentes regiões brasileiras
    8943 palavras | 36 páginas
  • Obesidade e qualidade de vida: revisão da literatura
    3116 palavras | 13 páginas