A real do dia das bruxas

2377 palavras 10 páginas
HALLOWEEN – DIA DAS BRUXAS
Histórico:
Halloween teve a sua origem na Civilização Celta, há cerca de 2.000 anos atrás. Os Celtas ocupavam as áreas da Irlanda, Reino Unido, Norte da França, Norte de Portugal e Galiza. Estes adoravam a beleza da natureza, os seus Deuses principais eram o Deus Sol e Samhain - Senhor dos Mortos e do tempo frio do Inverno. No calendário Celta, o último dia do ano é o dia 31 de Outubro, celebrando-se o Samhain, a festa mais importante. Acreditava-se que neste dia (31 de outubro) havia uma ligação com dois mundos é o momento priveligiado em que o mundo humano comunica com o síd (o Outro Mundo), acreditando-se que durante a noite os espíritos dos mortos vagueiam pela Terra.

[pic]

Os druidas (autoridades mais elevados dos celtas (Sacerdotes)) acendiam fogueiras nos topos das serras; o fogo, no qual sacrificavam animais em honra ao Deus Sol, era considerado sagrado. À meia-noite a adoração ao Deus Sol terminava para começar a adoração do Samhain. Os druidas ocupavam o topo da hierarquia, eram verdadeiros sacerdotes, celebravam o culto, além de que prestavam justiça, entregavam-se às especulações filosóficas e teológicas, e com base no conhecimento das ciências da natureza praticavam a medicina. Os druidas eram mais importantes que o próprio rei. Os Celtas nesta noite (31 de outubro) vestiam peles e cabeças de animais e organizavam grandes festins imitando o que se pensava ser o Outro Mundo – mundo dos mortos.

Uma das

Relacionados

  • O fantático mistério de feiurinha
    1627 palavras | 7 páginas
  • Entre contos e encontros - teatro
    6114 palavras | 25 páginas
  • A BRUXA DE EVORA
    17410 palavras | 70 páginas
  • A BRUXARIA COMO AFIRMAÇÃO DO PODER ESPIRITUAL.
    3651 palavras | 15 páginas
  • A vida cotidiana à época do renascimento
    2570 palavras | 11 páginas
  • contos
    2966 palavras | 12 páginas
  • TI
    2733 palavras | 11 páginas
  • portugues 4ano
    9166 palavras | 37 páginas
  • O leão, a feiticeira e o guarda-roupa : o fantástico e maravilhoso mundo narniano
    10899 palavras | 44 páginas