A seducao no discurso resenha

1832 palavras 8 páginas
Centro Universitário de João Pessoa - UNIPÊ - Curso de Direito
CHALITA, Gabriel. A sedução no discurso: O poder da linguagem nos trinunais do júri. 4 ed. rev. São Paulo: Saraiva, 2007. . O livro "A sedução no discurso" é uma obra de Gabriel Chalita que provém de sua tese de doutorado em Comunicação e Semiótica obtido na Pontifícia Universidade Católica em São Paulo no ano de 1997. O autor ao decorrer da obra descreve as artemanhas necessárias para que um discurso consiga envolver e encantar seus recptores. Para tanto, o autor afirma que o discurso para ser de fato convincente e sedutor, faz-se necessário a combinação de raciocínio lógico e da emoção além de diferentes tipos de linguagem aliados à interpretação oral do falante. Seu desenvolvimento se dá em sete capítulos através de uma linguagem fácil e bastante agradável. A obra tem como objetivo afirmar o uso de argumentos emocionais junto ao Direito na formação de um discurso persuasivo. No decorrer da obra o autor interliga os preceitos da Semiótica com os de Direito a fim de abordar da melhor forma possível o poder persuasivo nos discursos elaborados pelos advogados e promotores nos tribunais de júri. Sendo assim, qualificando-os como instrumentos fundamentais para a argumentação de seu orador, visando uma atração e reflexão emotiva de seus interlocutores. O autor afirma que para o discurso ser convincente e sedutor, é necessário que haja a

Relacionados

  • A noção do texto Resumo
    2585 palavras | 11 páginas
  • A intertextualidade como instrumento das campanhas publicitaria
    2148 palavras | 9 páginas
  • Resenha sobre a obra "a hora da estrela", de clarice lispector
    1295 palavras | 6 páginas
  • cultura popularesca
    1591 palavras | 7 páginas
  • Resenha do Livro "Estudos sobre a Histeria", Freud
    2969 palavras | 12 páginas
  • Plano de aula: a literatura de dalton trevisan
    3668 palavras | 15 páginas
  • Estudo de caso - jornal meia hora
    6818 palavras | 28 páginas