A simplificação molecular como estratégia racional no desenvolvimento de fármacos

2304 palavras 10 páginas
Centro Universitário Plínio Leite
Curso: Farmácia 7°Período
Professora: Arith Ramos
Disciplina: Química Farmacêutica

A SIMPLIFICAÇÃO MOLECULAR NO PLANEJAMENTO RACIONAL DE FÁRMACOS

Trabalho de Química farmacêutica visando todos os pontos essenciais de uma pesquisa estratégica para a descoberta de novos fármacos, com base em diferentes fontes bibliográficas.

André Luiz Martins Dos Santos Cruz e Leonardo Moura
Niterói, 12 de outubro de 2011.

Centro Universitário Plínio Leite
Curso: Farmácia 7°Período
Professora: Arith Ramos
Disciplina: Química Farmacêutica

A SIMPLIFICAÇÃO MOLECULAR NO PLANEJAMENTO RACIONAL DE FÁRMACOS

Trabalho de Química farmacêutica visando demonstrar a simplificação molecular como uma estratégica
…exibir mais conteúdo…

HIBRIDAÇÃO MOLECULAR Dentre as estratégias úteis ao químico farmacêutico medicinal para planejamento, desenho e modificação molecular de ligantes e protótipos, a hibridação molecular tem sido largamente empregada, permitindo importantes descobertas. A hibridação molecular compreende a reunião de características estruturais, parciais de dois compostos bioativos, distintos em uma nova estrutura, originando uma nova substância que poderá apresentar a atividade de um dos padrões originais ou conjugar ambas as atividades em uma única molécula. Quando se obtem um novo composto pela completa união estrutural de duas substâncias bioativas, tem-se uma nova molécula com propriedades biológicas de cada uma daquelas substâncias de origem, denominada gêmeas. Na maioria destes casos a união das duas substâncias originais se dá através de formação de uma ligação covalente biolábil, capaz de liberar ambas as substâncias de origem.

SIMPLIFICAÇÃO MOLECULAR

Outra estratégia útil para modificação molecular de ligantes ou compostos protótipos disponíveis para o químico farmacêutico aplicar na busca de novos padrões moleculares, é representada pela simplificação molecular. Esta estratégia, que consiste na modificação da estrutura preservando pontos e grupos de um composto de interesse terapêutico,

Relacionados

  • Mudanças moleculares que modificam a potência dos fármacos
    2231 palavras | 9 páginas
  • FARMACOEPIDEMIOLOGIA
    13174 palavras | 53 páginas
  • Contrato social limitada
    14512 palavras | 59 páginas