A tecnologia nas visões marxistas e neoclássicas

1646 palavras 7 páginas
Capítulo 2: A tecnologia nas visões marxistas e neoclássicas

Apesar de o desenvolvimento industrial na Europa Ocidental e nos Estados Unidos ter ocorrido de maneira surpreendente e rápida em meados de 1880, pode-se dizer que neste período, a Grã-Bretanha já havia se consolidado como uma das grandes potências no setor. Um exemplo disso é que quase metade das produções manufaturadas mundiais provinha do Reino Unido, já os Estados Unidos contavam com uma produção de apenas 6%. Essa consolidação se deve ao fato de que a sua organização industrial e tecnológica criadas possibilitavam uma produtividade 14% maior do que a dos Estados Unidos. Pode-se considerar um avanço para a época o fato dos industriais não temerem a concorrência de produtos estrangeiros, o que culminou na eliminação das históricas proteções existentes até então. Como resultado do sucesso apreendido, todo o sistema industrial britânico, o que inclui o seu modo de produção, assim como os avanços tecnológicos, serviu como base para os escritos dos teóricos Marx, Walras e Marshall acerca do modo de produção. Diante desses autores, interessamo-nos pelos escritos de Leon Walras, pensador e criador da “teoria do equilíbrio geral”, que é possível dizer ser a ideia-força para a economia contemporânea. A “idéia-força é a teoria do equilíbrio geral, tomada como a culminância da caminhada do pensamento econômico; o herói é Walras, o inventor da idéia-força” (PAULA, 2002:1). Walras iniciou seus

Relacionados

  • Marginalistas, Clássicos, Neoclássicos e Marxistas
    887 palavras | 4 páginas
  • Bioética e suas implicações nas novas tecnologias
    5625 palavras | 23 páginas
  • Informática e tecnologia na natação
    2434 palavras | 10 páginas
  • As novas tecnologias e seus impactos na comunicação
    6306 palavras | 26 páginas
  • A INFLUÊNCIA MARXISTA NA REVOLUÇÃO RUSSA EM 1917
    8962 palavras | 36 páginas
  • Arte, ciência e tecnologia na Belle Époque
    1482 palavras | 6 páginas
  • Revolução francesa nas visões marxista e revisionista
    2814 palavras | 12 páginas
  • Tecnologia da informação nas micro e pequenas empresas
    4790 palavras | 20 páginas
  • Ênfase na tecnologia e ênfase no ambiente
    998 palavras | 4 páginas
  • A categoria sociedade civil na tradição liberal e marxista
    1669 palavras | 7 páginas