A tortura desde a idade antiga até a idade contemporânea

3722 palavras 15 páginas
1
ACADEMICA:Luciana Volpato Mateus RA:14.4254 1°A – Direito Trabalho de MPJ – Professora Débora

3 A TORTURA DESDE A IDADE ANTIGA ATÉ A IDADE CONTEMPORÂNEA

Ao longo da historia, é notável a presença da violência de forma corriqueira pelos mais diversos motivos, estes foram momentos onde a força prevaleceu sobre a razão. A prática dessas ações, que v sempre esteve ligado a suas leis vigentes, as quais eram o reflexo da sociedade em que rege. É visível como a tortura foi útil, ao ponto de vista processual, governamental e pena para crimes, pois foi desta forma que se obteve várias confissões, foi ferramenta de manutenção para manter o povo intimidado e submisso e uma forma ideal de intimidação do povo. 1 Na idade antiga, o homem sentiu a necessidade de viver em grupos e consequentemente a criação de entidades sobrenaturais "recaindo sobre um animal, sobre qualquer força da natureza ou mesmo sobre uma planta"2, entidade esta que tanto protegia como castigava e neste contesto a tortura entrava em contexto histórico como forma de punição divina. Um exemplo que demonstra isso eram os persas:

os persas, na Antiguidade, colocavam o condenado amarrado em dois botes, só com a cabeça e os membros de fora. Untavam-no com mel e leite o rosto, os membros e as costas. Viravam-no para o sol. Não demorava muito e o corpo era invadido pelas moscas que, aos poucos, o dilaceravam.3

No entanto na idade antiga, temos sociedades já evoluídas que usavam a tortura como formas de punição

Relacionados

  • Fichamento idade moderna
    857 palavras | 4 páginas
  • Exclusão social na terceira idade
    4222 palavras | 17 páginas
  • COMPARATIVO ENTRE IDADE ANTIGA,MEDIA,MODERNA E CONTEMPORANEA
    732 palavras | 3 páginas
  • Turismo na Idade Média
    859 palavras | 4 páginas
  • Idade Óssea em Pediatria
    4873 palavras | 20 páginas
  • História da psicologia: Idade Antiga e Média
    1067 palavras | 5 páginas
  • A IDADE MODERNA
    1127 palavras | 5 páginas
  • IDADE CONTEMPORÂNEA: ÉTICA DO INDIVÍDUO CONCRETO
    1659 palavras | 7 páginas