A troca de gases nos pulmões

1418 palavras 6 páginas
A troca de Gases nos Pulmões

A difusão de gases entre os alvéolos e o sangue obedece às regras da difusão simples.

1. A taxa da difusão através das membranas é diretamente proporcional ao gradiente de pressão parcial (concentração).

2. A taxa de difusão através das membranas é diretamente proporcional à superfície de área disponível.

3. A taxa de difusão através das membranas é inversamente proporcional à espessura da membrana.

4. A difusão é mais rápida em distancias curtas.

Normalmente a troca de gás nos pulmões é rápida e atinge um equilíbrio, mas a mudança de qualquer parâmetro listado anteriormente limita potencialmente a difusão de modo significativo. Mudanças patológicas nesses fatores que afetam a
…exibir mais conteúdo…
O efeito irritante do cigarro nos alvéolos ativa micrófagos alveolares que liberam enzimas proteolíticas. Estas enzimas destroem as fibras elásticas do pulmão, e as células morrem, rompendo as paredes dos alvéolos. O resultado é um pulmão com alta complacência e uma baixa elasticidade com alvéolos maiores e em menor quantidade e que possui menos superfície de trocas gasosas.

Qualquer mudança na membrana alveolar que altere as suas propriedades irá deixar mais lentas as trocas gasosas. Isto ocorre, por exemplo, em doenças fibróticas do pulmão, deposito de tecidos (escaras) na membrana alveolar. A difusão de gases através dos tecidos com escara é muito mais lenta do que a difusão normal. Entretanto, os pulmões possuem uma capacidade de reserva. Como resultado, um terço do epitélio de troca deve estar incapacitado antes que a pressão da Po2 diminua de modo significativo.

Uma situação em que a distancia de difusão entre o alvéolo e o sangue aumenta é o edema pulmonar, caracterizado por um volume excessivo de fluido intersticial nos pulmões. Normalmente, somente pequenas quantidades de fluido intersticial são encontradas nos pulmões, em virtude da baixa pressão arterial nos pulmões e de um sistema linfática de drenagem eficiente. Porém, se a pressão pulmonar aumenta por alguma razão, como por exemplo problema no ventrículo esquerdo ou disfunção da valva

Relacionados

  • Relatório - Reações de Dupla Troca
    828 palavras | 4 páginas
  • Compare os pulmoes nos diferentes grupos de vertebrados
    838 palavras | 4 páginas
  • Densidade de gases
    1075 palavras | 5 páginas
  • Relatório de Química Gases
    2283 palavras | 10 páginas
  • Relatorio coleta de gases
    2107 palavras | 9 páginas
  • Princípios da troca de calor
    1497 palavras | 6 páginas
  • Biofísica - Trocas de calor corporal
    1731 palavras | 7 páginas
  • Reaproveitamento de gases de escape
    3172 palavras | 13 páginas
  • Resina de troca Cationica
    649 palavras | 3 páginas
  • Ppra oficina troca de oleo
    3625 palavras | 15 páginas