ADOÇÃO, ABRIGOS, MÃES DO CRACK na casa de passagem Ana Carolina

2873 palavras 12 páginas
INTRODUÇÃO
Nosso trabalho abordará a Casa de Passagem e Família Acolhedora Ana Carolina, onde é realizado um trabalho com bebês e crianças de ambos os sexos vítimas de múltiplas violações de direitos e expostas ao risco social como abandono, maus tratos, negligência e abuso sexual e vivência nas ruas, etc., onde o principal objetivo é propiciar o atendimento psicossocial a crianças e adolescentes vítimas de violência doméstica e desenvolver ações preventivas que lhes possibilite defesa e proteção incondicional onde o público alvo são crianças de 0 a 5 anos e suas respectivas famílias,quando é o caso dessas famílias serem próximas,pois na maioria dos casos há uma ruptura, seja por parte do abrigo ou dos próprios familiares.
Na elaboração
…exibir mais conteúdo…
Nesta perspectiva a Unidade Municipal de Reinserção Social A na Carolina, de acordo com a Política Nacional de Assistência Social enquadra-se na modalidade de Acolhimento Institucional.Este serviço faz parte da proteção especial de alta complexidade, destinado ao atendimento de individuas que se encontrem em situação de abandono,ameaça ou violação de direitos ,necessitando de acolhimento provisório fora de seu núcleo familiar de origem por estarem em situação de risco.
O atendimento da equipe técnica se dará de forma individual e/ ou em grupo objetivando a construção do Plano de Atendimento Individual e Familiar, que deverá orientar as intervenções a serem desenvolvidas para acompanhamento de cada caso. O Plano de Atendimento Individual e Familiar deve basear-se nos levantamentos das particularidades, potencialidades e necessidades específicas de

Relacionados