ANÁLISE DO LIVRO “CANAÔ DE GRAÇA ARANHA

4525 palavras 19 páginas
ANÁLISE DO LIVRO “CANAÔ DE GRAÇA ARANHA

1. Biografia

Esta é a biografia oficial de Graça Aranha obtida no site da Academia Brasileira de Letras à qual ele pertenceu e participou da fundação a convite de seu patrono e protetor, Joaquim Nabuco. José Pereira da Graça Aranha foi o fundador da cadeira 38. Recebeu o Acadêmico Sousa Bandeira. Nasceu em 21 de junho de 1868, na capital do Estado do Maranhão, filho de Temistocles da Silva Maciel Aranha e de Maria da Glória da Graça. Faleceu no Rio de Janeiro, em 26 de janeiro de 1931. Formado em Direito exerceu a magistratura no interior do Estado do Espírito Santo, fato que lhe iria fornecer matéria para um de seus mais notáveis trabalhos - o romance Canaã, publicado com grande sucesso editorial em 1902. Ao traçar-lhe o perfil o romancista Afrânio Peixoto se manifestara da seguinte forma: "Magistrado, diplomata, romancista, ensaísta, escritor brilhante, às vezes confuso, que escrevia pouco, com muito ruído”. Na França publicou, em 1911, o drama Malazarte. De 1920, já no Brasil, é A estética da vida e, três anos mais tarde, A correspondência de Joaquim Nabuco e Machado de Assis. Na famosa Semana da Arte Moderna, realizada no Teatro Municipal de São Paulo, Graça Aranha profere, em 13/02/1922, a conferência intitulada: "A emoção estética na arte moderna". Iniciou-se uma fase agitada nos círculos literários do país. Graça Aranha é considerado um dos chefes do movimento renovador de nossa literatura, fato que vai

Relacionados

  • Análise Homem Aranha
    1929 palavras | 8 páginas
  • Canaa
    1210 palavras | 5 páginas
  • “Análise do livro didático”
    806 palavras | 4 páginas
  • Análise do livro “a moreninha” de joaquim manoel de macedo
    2196 palavras | 9 páginas
  • Analise do livro didático
    1024 palavras | 5 páginas
  • Resumo Livro Princípios Básicos de análise do comportamento
    2125 palavras | 9 páginas
  • Analise do livro Canaã, de Graça Aranha
    2720 palavras | 11 páginas
  • Análise do livro didático de ciências naturais
    1120 palavras | 5 páginas